11/09/2018 as 07:36

No aguardo

Candidatura de Eduardo Amorim segue "aguardando julgamento" no TRE

Dos nove candidatos para disputa ao cargo de governador, até agora só João Tarantella (PSL) teve o pedido de registro de candidatura indeferido.


Limite de gastos
Em Sergipe, o limite de gastos de campanha de contratação de pessoal para o primeiro turno das eleições é de R$ 4,9 milhões. Já no segundo turno, a quantia chega a R$ 2,4 milhões. Todas as informações referentes aos valores estão no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no sistema de divulgação de candidaturas e contas eleitorais.

No aguardo
Por falar nisso, dos nove candidatos para disputa ao cargo de governador, até agora só João Tarantella (PSL) teve o pedido de registro de candidatura indeferido. Desse total, inclusive, falta o Eduardo Amorim (PSDB) passar pelo crivo técnico da equipe do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) – enquanto isso, seus “status” para a eleição segue no “aguardando julgamento”.

“Rola” 1

No último domingo, aos 71 anos, o ex-candidato a deputado estadual José Ribeiro morreu. “Rola”, como era conhecido, lutava contra um câncer e faleceu em decorrência da doença. O corpo foi sepultado ontem.

“Rola” 2
Rola foi candidato em 2006 a deputado federal pelo PSL, em 2010 pelo PRB e em 2012 ele tentou uma vaga na Câmara de Aracaju pelo PTN, mas teve a sua candidatura barrada.

Ideb 1
Ao analisar os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017, o governador Belivaldo Chagas (PSD) destacou os avanços conquistados pelas escolas da rede pública estadual. “Os dados do Ideb 2017 demonstram que nosso Estado inverteu a tendência de queda e avançou na qualidade do ensino ofertado aos nossos alunos. Os resultados estão aí, só os nossos adversários que teimam em não querer aceitar que estamos no caminho”, afirmou.

Ideb 2
“Investimos mais de R$ 300 milhões para qualificar a infraestrutura de nossos prédios escolares, em obras de reformas, ampliações e manutenções preventivas e corretivas de todas as 355 unidades escolares da Rede Estadual”, pontuou Belivaldo Chagas.

“Departamento da Maldade”
As duas estratégias de marketing político mais utilizadas em Sergipe, em todas as eleições, seguem forte: a primeira é a divulgação de pesquisas onde o candidato aparece bem. A segunda é o velho departamento da maldade, onde um grupo especializado fuça a vida dos adversários e divulga o que há de pior em cada um.

Lula aqui
Todo mundo é Lula, todo mundo quer Lula, todo mundo está ou esteve com Lula. Na campanha eleitoral em Sergipe, Lula é o cara, é o mais citado no horário eleitoral. Até seus atuais adversários políticos, em entrevistas, reconhecem o seu trabalho positivo para a população. Isso é porque o presidenciável aparece com índices positivos muito altos em Sergipe. Sergipe é um dos Estados onde Lula mais se destaca nas sondagens e pesquisas.

Crescendo
A nova pesquisa realizada e divulgada ontem pelo Instituto França mostra os candidatos Belivaldo Chagas (PSD), que disputa o governo, e Jackson Barreto (MDB), na luta pelo Senado, entre os que mais cresceram nas sondagens eleitorais. JB apareceu em segundo lugar, com 14,4% das intenções de voto, e Belivaldo está tecnicamente empatado com Eduardo Amorim (PSC). O crescimento dos dois anima os aliados de ambos.

Heleno
O crescimento de Heleno Silva (PRB) na última pesquisa do Instituto França elevou para o grau máximo o alerta dentro da campanha de André Moura (PSC) para o Senado. Moura vinha crescendo nas pesquisas, mas no levantamento divulgado ontem apareceu atrás de Heleno, que registrou uma ascensão mais vigorosa. A coluna já recebeu a informação de que Moura teria pedido a algumas lideranças para não votarem em Heleno.

Educação 1
Candidato ao Senado, Jackson Barreto afirma que investir na Educação sempre foi prioridade em suas gestões. Quando foi prefeito de Aracaju, 23 escolas e 12 creches foram construídas e o déficit educacional foi zerado, inserindo cerca de 14 mil crianças nas escolas. Como gestor do Estado, Jackson Barreto lembra que investiu cerca de R$ 130 milhões em obras de infraestrutura, com a construção, reforma e ampliação de diversas unidades educacionais.

Educação 2
JB disse que, enquanto governador, ainda se preocupou com a qualificação técnica. “O ensino profissionalizante verdadeiramente começou na nossa gestão. Duas escolas foram inauguradas pelo ex-governador Marcelo Déda: Ronaldo Pacheco, em Neópolis, e a José Figueiredo Barreto, aqui em Aracaju. Além dessas, nós construímos a Escola Profissionalizante Maria Fontes, em Boquim, a Escola Ulisses Guimarães, no Município de Umbaúba, a Escola Profissionalizante da Colônia Sergipe, em Indiaroba, além da Escola Profissionalizante Berila Almeida, em Nossa Senhora das Dores”, pontuou o candidato ao Senado Federal.

Gás natural
O vice-presidente de Operações da Mosaic, Jeffry Golwitzer, foi recebido pelo secretário José Augusto Carvalho durante reunião na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec). Acompanhado do diretor de Relações Governamentais e Sustentabilidade da empresa, Antônio Josino Meirelles e do gerente Industrial do Complexo Mineroquímico de Taquari Vassouras, Jalmiro Lazarini, o executivo americano atendeu o convite do secretário para conhecer mais sobre a perspectiva de novas fontes para suprimento de gás natural em Sergipe, considerando o início de produção em 2022.

Não compram
“É notório o sentimento de mudança que se vê no eleitorado, tanto da capital como do interior do Estado. O desejo de votar consciente, conhecendo as propostas de seu candidato e de saber o que foi feito durante o mandato é mais forte do que a sedução da venda de votos. As tentativas de compra, por parte de lideranças que estão com dinheiro vivo em mão, até existem, mas não são importantes no momento. O povo quer mudança”. As palavras são do senador Valadares.