01/10/2018 as 08:00

Eleições

Henri Clay Andrade realizou plenária e lotou o Iate Clube

Lideranças sociais, sindicais, comunitárias, amigos e simpatizantes dos mais diversos bairros da capital e de algumas cidades do interior estiveram por lá, mostrando seu apoio à candidatura do advogado.


#EleNão
A SMTT informou que a partir das 13h30 deste sábado, 29, fará mudanças provisórias no trânsito durante a manifestação #EleNão, que irá acontecer embaixo do viaduto do DIA. O grupo ocupará os dois sentidos da Avenida Adélia Franco, bloqueando o fluxo de veículos. Para garantir a segurança dos cidadãos e manter a mobilidade dos condutores, a SMTT de Aracaju fará as devidas orientações no local.

Abuso 1
O Ministério Público Eleitoral ajuizou, nesta sexta, 28, ação contra duas rádios do Município de Tobias Barreto, por abuso de poder dos meios de comunicação nas eleições. Além da rádio comercial Luandê FM e da rádio comunitária Aracotob, são réus na ação os responsáveis pelas emissoras.

Abuso 2
Segundo o promotor eleitoral de Tobias Barreto, Paulo José Francisco Alves Filho, a Rádio Luandê FM vem, desde o início do período eleitoral, fazendo campanha ostensiva em favor da candidata a deputada estadual Diná Almeida e contra o seu adversário nas eleições, Adilson de Jesus Santos, “Adilson de Agripino”. Já a rádio comunitária Aracotob ocupa o papel inverso na disputa: enaltece Adilson de Agripino, que é ex-prefeito do município, e faz campanha contra a candidatura de Diná Almeida, esposa do atual prefeito de Tobias Barreto, Diógenes Almeida.

O presidente licenciado da OAB/SE e candidato ao Senado pelo PPL, Henri Clay Andrade, realizou uma grande plenária e lotou o Iate Clube de Aracaju na noite da última quinta-feira. Lideranças sociais, sindicais, comunitárias, amigos e simpatizantes dos mais diversos bairros da capital e de algumas cidades do interior estiveram por lá, mostrando seu apoio à candidatura do advogado.

                                                     

Plenária 2
“Essa é a plenária da virada. Este ato é histórico para a política de Sergipe. Eu sei o tamanho dessa responsabilidade social. Isso representa a consolidação de uma candidatura de coragem, honestidade e de princípios para o Senado Federal. Agora é embalar de vez para a vitória”, disse Henri Clay, que reafirmou suas bandeiras no Congresso: reprovar a reforma da previdência e trabalhar para revogar a reforma trabalhista, além de abrir a “caixa preta” do SUS.

Inspeção 1
A equipe da Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ) encerrou nesta sexta-feira, 28, a inspeção nos setores administrativos e judiciais do 2º Grau de Jurisdição do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE). De acordo com o juiz do Tribunal Regional Federal da 1ª Região e membro da Corregedoria Nacional de Justiça, Márcio Luiz Coelho de Freitas, a intenção do Ministro Humberto Martins é apresentar o relatório preliminar da inspeção na próxima semana e aprovar no Plenário do CNJ no dia 09/10.

Inspeção 2
“A impressão é de que encontramos aqui em Sergipe um tribunal extremamente voltado para a busca da melhoria contínua. O que percebemos são algumas questões pontuais que já estão recebendo atenção da administração. A ideia é colaborar para a evolução do Tribunal, para que o Judiciário se torne cada vez melhor”, explicou o magistrado.


Eleições 1
Falta uma semana para as eleições 2018. Na reta final, o pleito deve pegar fogo. E o eleitor não pode esquecer que no próximo dia 7 irá votar em seis candidatos. É bom anotar: o primeiro voto será o de deputado federal (quatro dígitos). Em seguida, serão preenchidos os números correspondentes ao cargo candidato a deputado estadual (cinco dígitos). Logo depois, o eleitor escolherá dois nomes para o Senado (três dígitos).

Eleições 2
Após definir os quatro votos referentes ao Poder Legislativo, é a vez dos cargos do Poder Executivo. Para escolher o próximo governador do Estado e, em seguida, o novo presidente da República, o eleitor vai teclar apenas dois dígitos para cada cargo. Vamos fazer do dia 7 de outubro a verdadeira festa da democracia. Vote consciente!

Proposta 1
Belivaldo Chagas (PSD), candidato ao governo, expôs no seu plano de campanha que pretende implantar uma política de rateio do ICMS entre os municípios com base no resultado educacional das escolas. De acordo com o material, o objetivo será o de estimular os gestores municipais a praticar todos os esforços na elevação da qualidade da educação das escolas municipais e atingir as metas do PEE.

Proposta 2
Dr. Emerson (Rede), candidato ao governo, propõe no seu plano de governo a criação da contribuição de comissionados de forma progressiva para o Regime Próprio de Previdência do Estado. Além disso, promete o fim das aposentadorias de deputado estadual e governador, e dos demais privilégios da classe política, privilégios esses que oneram o Estado e não geram retorno, segundo ele.

Ajudar Haddad 1
Jackson Barreto (MDB), candidato ao Senado Federal, assegura que atuará na base aliada do candidato à presidência Fernando Haddad (PT). Em entrevistas e pronunciamentos, Jackson defende um Senado comprometido com as causas trabalhistas, sociais, além de retomada de programas sociais como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Prouni, bolsas de pesquisas.

Ajudar Haddad 2
“Nosso país vive um momento de instabilidade política preocupante. O governo de Temer cortou 94,9% dos programas sociais implantados por Lula e Dilma. Para conter despesas, Temer teve a atitude catastrófica de cortar R$ 200 milhões da educação, saúde e da reforma agrária, sem falar nas perdas trabalhistas. Precisamos de senadores que ajudem na reconstrução de nosso país! Quero ser senador para ajudar Haddad e para tirar Lula da prisão”, afirmou JB.

Combate
Valadares Filho (PSB), candidato ao governo, afirma que combater o desemprego será prioridade no plano de governo. A proposta prevê ações para criar oportunidades para jovens, regularizar e apoiar micro e pequenos empreendimentos individuais.