18/10/2018 as 07:52

Golpe

Deputado João Daniel afirma que Bolsonaro é o candidato de Temer

Para o deputado petista, o candidato à presidência do PSL "não tem coragem para nada". Declarou, ainda, que o Bolsonaro dará continuidade ao "golpe" que resultou no impeachment da presidente Dilma.


Eleição no MP

Na próxima segunda-feira, dia 22, o Ministério Público Estadual irá escolher o novo procurador geral de Justiça, que substituirá o atual, Rony Almeida. O procurador Eduardo D’Ávila e o promotor Manoel Cabral Machado são os dois nomes mais comentados na disputa pelo comando da instituição. Promotores e procuradores de Justiça irão às urnas para eleger o gestor do Ministério Público Estadual. 

Forró Caju 1
O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) soltou o verbo nas redes sociais sobre a demora na liberação dos recursos federais para conclusão do pagamento dos artistas que se apresentaram no Forró Caju. Ele lamentou a demora e anunciou que, se a prefeitura não tiver condições de realizar o evento no próximo ano com recursos próprios, optará por não realizá-lo.

Forró Caju 2
“A prefeitura não tinha verba para fazer o Forró Caju deste ano e nós tivemos que fazer um convênio para receber recursos do Ministério da Cultura. A parte da prefeitura nós já pagamos: parte dos artistas, o palco e toda a parte estrutural. Mas faltam os R$ 3,8 milhões, que ainda não foram liberados pelo Ministério da Cultura. Já fui ao ministério, liguei para lá, pedi para algumas pessoas intercederem e nós estamos esperando a liberação. Estou muito chateado também, pois já realizei o Forró Caju outras sete vezes e nunca ocorreu essa situação. Os artistas recebiam imediatamente”, afirmou Edvaldo.

Forró Caju 3
O prefeito prosseguiu: “É a primeira vez, na história da minha vida, que faço o Forró Caju e passo mais de 90 dias sem pagar e não é por minha vontade. Não é que eu esteja querendo tirar a minha responsabilidade. Eu tenho minha responsabilidade e vou até o fim com ela, mas é que, infelizmente, os recursos são do Governo Federal. Eu, no afã de fazer o Forró Caju, quando o Governo Federal disse que ia liberar os recursos, eu acreditei que sairia rapidamente. Fizemos uma bela festa, mas a gente não esperava que fosse demorar tanto. Estou trabalhando muito para resolver isto”.

Golpe 1
João Daniel ainda disse que o governo Temer tem o seu candidato. Para ele, a continuidade do golpe é Bolsonaro. “Bolsonaro é o golpe, é o apoiador do golpe, é o criador desta vergonha que está se construindo no país: as fake news, a mentira, o ódio e o preconceito. Ele é mentiroso e medroso. Ele não tem coragem de ir para um debate”, falou o petista.

Golpe 2
O deputado continuou: “Eu já presenciei em comissão a covardia que esse candidato tem. Ele não tem coragem para nada. Na primeira dificuldade, se for presidente, renunciará para que seu vice assuma, o que será verdadeiramente o golpe de Estado que os militares da reserva querem, que os conservadores ainda murmuram”.

Compromisso 1
A melhoria salarial dos servidores sempre esteve em pauta na administração do prefeito, Edvaldo Nogueira, mas é preciso agir com responsabilidade para evitar aumento de despesas e piora nas contas públicas. O momento é de equilibrar as finanças. É o que avalia o vereador Vinícius Porto, ao ressaltar que o compromisso com o servidor público existe desde o dia em que o prefeito assumiu a administração municipal com a tomada de diversas ações, entre elas o pagamento em dia da folha e agora a abertura de diálogo com todas as categorias para tratar de reajuste salarial.

Compromisso 2
Esse diálogo vem ocorrendo de forma transparente com a retomada da mesa de negociação, composta por integrantes do governo municipal e de sindicato das diversas categorias. “Estamos discutindo a possibilidade de melhoria salarial para todas as categorias e não apenas para os médicos, como insistem os vereadores de oposição. O prefeito não pode reajustar o salário dos médicos em detrimento dos demais profissionais”, falou Vinícius, ontem, na Câmara.

Pedindo apoio
O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), ligou para o senador Eduardo Amorim (PSC) e pediu seu apoio no segundo turno da eleição. Ainda ontem, os senadores Magno Malta (PR/ES) e José Medeiros (Pode/MT), amigos de Eduardo, além do deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM/RS), também entraram em contato com Amorim e pediram que o senador tucano apoie a candidatura de Bolsonaro. Semana passada, o diretor do Hospital do Amor (Hospital do Câncer de Barretos), Henrique Prata, já havia feito o pedido a Eduardo para que apoiasse no segundo turno o presidenciável do PSL.

Carros-pipa
O Governo de Sergipe ampliará as ações de combate aos efeitos da seca nos municípios sergipanos. A partir das próximas semanas, o número de caminhões-pipa que prestam assistência à população passará de 93 para 105 nos municípios em estado de emergência.

LDO
A proposta da LDO para 2019 já tramita na Assembleia Legislativa de Sergipe. Porém, alguns deputados estaduais parecem não ter conhecimento “de causa” sobre o conteúdo. Afinal, o que se vem discutindo no momento é o 2º turno da eleição.

Abriu e fechou
Inclusive, por falar em Assembleia, ontem o “movimento estava parado”. A sessão ordinária do dia abriu e fechou. Sem participação dos deputados no pequeno e nem no grande expediente.

Na pele
Em conversa com esta coluna, o deputado estadual Garibalde Mendonça (MDB) comentou que essa eleição foi considerada atípica. “Eu senti isso na pele. É tanto que a minha votação caiu e muito em Aracaju. Acredito também pelo número excessivo de candidatos, principalmente na capital, e isso nós reconhecemos”, comentou o reeleito.

Nada definido
A deputada estadual Maria Mendonça (PSDB), reeleita, falou para esta coluna que não tem nada definido sobre apoio no 2º turno. “Vou esta semana ainda reunir minha família e o nosso grupo de amigos apoiadores para definir. O que a maioria definir a gente vai estar se posicionando e garantindo o apoio se for o caso. Prefiro aguardar”, disse.