06/11/2018 as 07:40

Reforma

Edvaldo Nogueira vai fazer mudanças no secretariado

Hoje a Prefeitura de Aracaju possui pelo menos seis secretarias que estão sendo comandadas por interinos.


Reforma de Belivaldo 1
O governador reeleito Belivaldo Chagas (PSD) está preparando uma grande reforma administrativa. Ele trabalha com a ideia de reagrupar as atuais 21 secretarias em cerca de 15 pastas. No momento os estudos analisam a viabilidade técnica das fusões e extinções, para evitar que gerem perda ou atraso em alguns convênios e recursos federais.


Reforma de Belivaldo 2
Entre as modificações estudadas está a extinção da Secretaria de Comunicação, que passaria a ser um departamento ligado diretamente ao gabinete do governador. O destino da Fundação Aperipê é outro ponto que vem sendo avaliado. As medidas vão gerar uma economia imediata na redução de cargos comissionados e de custos logísticos na manutenção da máquina.

Reforma de Edvaldo 1

Quem também vai fazer uma reforma no secretariado é o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Isso deve acontecer entre o fim do mês de novembro e início de dezembro. Hoje a Prefeitura de Aracaju possui pelo menos seis secretarias que estão sendo comandadas por interinos, após a saída de alguns nomes para a disputa eleitoral deste ano. SMTT, Secretaria de Governo, Controladoria Geral, Procuradoria e Indústria e Turismo estão na lista. 

Reforma de Edvaldo 2
Além da nomeação de secretários efetivos para cada pasta, Edvaldo Nogueira está estudando ainda mudanças no seu secretariado. Alguns nomes que comandam pastas hoje podem deixar o governo municipal. Questionado se o PRB de Heleno Silva teria participação, Edvaldo lembrou que o partido se afastou do grupo e que, em tese, está fora.

Almoço 1
E falando em Edvaldo Nogueira, ele reuniu ontem alguns dos principais nomes da imprensa sergipana em um almoço, em que fez um balanço informal da sua administração e destacou alguns projetos e prioridades. Ele avaliou que já conseguiu cumprir 80% do que o seu planejamento estratégico previa – a recuperação fiscal era uma das prioridades. Outro ponto que deverá ser implementado até 2020 é a informatização do sistema municipal de saúde.


Almoço 2
Na saúde, a implantação do prontuário eletrônico e a gestão dos estoques de medicamentos estão na pauta. A digitalização do processo também vai viabilizar o melhor conhecimento do perfil dos usuários, fazendo com que a prefeitura possa saber em que locais se concentram pacientes de determinada doença. Será possível saber também quantos pacientes cada médico atendeu, e em quanto tempo. O objetivo é inclusive criar um aplicativo onde após a consulta o paciente possa avaliar todo o serviço público.

Biênio MP 1
Ontem, durante coletiva de imprensa com o novo procurador-geral do Ministério Público de Sergipe, o ex-gestor José Rony Almeida comentou que a escolha foi feita pelo governador. “Eu volto para a Promotoria da Saúde. Vou tirar alguns meses de férias e depois retorno à Promotoria da Saúde. Eu sou promotor de Justiça e eventualmente estive procurador-geral. Eu volto para atuar em defesa da sociedade”, contou.

Biênio MP 2
Sobre a gestão, o promotor Rony Almeida disse que irá fazer uma prestação de contas públicas. “Os relatórios estão sendo concluídos e eu distribuirei num momento oportuno. Uma prestação como deve ser feita pelos homens públicos”, comentou.

PF
Circula na imprensa nacional a informação de que a superintendente da Polícia Federal em Sergipe, delegada Erika Mialik Marena, pode ser convidada pelo futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, para a direção da PF. Erika foi integrante da força-tarefa que iniciou os trabalhos da Operação Lava Jato.

Casa Civil
O governador Belivaldo Chagas (PSD) nomeou o advogado José Carlos Felizola para o cargo de secretário-chefe da Casa Civil. O jovem, que também é genro do governador, já ocupou uma diretoria na Codise, presidência da Cohidro e o cargo de secretário de Estado da Mulher, Inclusão, Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh).

CPI da Saúde
O presidente da Câmara de Aracaju, vereador Nitinho, pediu a vários colegas de parlamento que assinassem o documento para encaminhar, na Casa, a CPI da Saúde. Para não desagradar o colega presidente, muitos assinaram a criação, mas estão com um pé atrás em relação à iniciativa.

Cartórios eleitorais
Após o período do pleito, os cartórios eleitorais de Sergipe voltam a realizar os serviços de alistamento eleitoral, transferência de domicílio e revisão de dados cadastrais, entre outras atividades. O Cadastro Nacional de Eleitores estava fechado desde 10 de maio devido às eleições gerais 2018.

Tarifa de ônibus
O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, não descarta a possibilidade de um reajuste da tarifa do transporte coletivo. A proposta de elevar de R$ 3,50 para R$ 4,44, como propôs o sindicato das empresas (Setransp), estaria descartada, mas pode sair alguma coisa. Nogueira lembrou, em almoço com jornalistas, que a tarifa está congelada há um ano e quatro meses.

Concordância
Edvaldo Nogueira também se manifestou sobre iniciativas de aliados de colocar na ordem do dia as eleições de 2020, no caso, a sua sucessão. Ele disse que pensa igual ao governador reeleito, Belivaldo Chagas, que recomendou buscar outro caminho aos aliados que já estão falando de futuros pleitos agora.

Aposentadoria 1
O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) anunciou ontem na Assembleia Legislativa que pretende em apresentar um Projeto de Lei (PL), que acaba com a ida para reserva dos comandantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros que não tenham completado tempo de serviço.

Aposentadoria 2
Ele disse que “Sergipe é um dos poucos Estados da Federação, onde o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, e o comandante da Polícia Militar, ao saírem dos cargos que ocupam hoje, por vontade própria ou por exoneração, vão para reforma. Eles ganham um presente. Os atuais não, porque os atuais já chegaram lá e estão exercendo o mandato sob a legislação atual. Mais para os próximos, entendo que esta Casa deve corrigir essa injustiça e esse privilégio”.