28/12/2018 as 08:00

Processo contra Deso

Prefeito Edvaldo Nogueira diz que pode levar a Deso à Justiça

O gestor informou que irá começar a obra dos grandes corredores na capital de Aracaju em janeiro


Demissões de CCs
Todos os ocupantes de cargos comissionados do Governo do Estado serão afastados das atividades a partir de hoje e pouco a pouco, aqueles que se fizerem necessários, serão reconvocados. Quem não for chamado para retornar às atividades deve procurar um outro emprego.

Almeida Lima

Filiado ao MDB, Almeida Lima não pensa em ser candidato a cargo eletivo em 2020, mas tem dito aos amigos que as circunstâncias é que vão determinar. Ele tem um vasto currículo – foi presidente da Emurb, deputado estadual, vice-prefeito de Aracaju, secretário de Governo, prefeito de Aracaju, senador, deputado federal, presidente da Adema e secretário de Estado da Saúde – e é sempre lembrado como político trabalhador.

De olho
O PSD e o PT não estão de olho apenas na Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA). As duas agremiações têm também potenciais candidatos ao Governo do Estado para o pleito de 2022. Mas, depois das reações do governador Belivaldo e do prefeito Edvaldo, as lideranças têm preferido não anunciar.

Fim de ano
A SMTT precisa criar um plano de atuação para grandes eventos de forma a evitar engarrafamentos, como ocorrem anualmente no Réveillon.

Cidade inteligente
A Prefeitura de Aracaju deu mais um passo dentro do projeto “Cidade Inteligente”. A gestão municipal firmou uma parceria com o Banco do Brasil para modernização tecnológica da administração e aquisição de novos maquinários para a Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb). Os contratos de financiamento foram assinados nesta quinta-feira, 27, pelo prefeito Edvaldo Nogueira e pelo superintendente estadual do Banco do Brasil em Sergipe, Cássio Benedito Daltoé, e somam um valor de quase R$ 10 milhões.

Socorro bem
Aplicando métodos de avanços na educação do município, desde o início da gestão a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed), finalizou o ano com prestígio e reconhecimento. Fruto desse trabalho desenvolvido, Socorro atingiu o 1º lugar do ranking avaliado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Sintese) em relação à Educação do Estado em 2018. A nota do município foi 7,1.

Prova final
Ontem, o Sintese divulgou o resultado da prova final da educação dos 74 municípios sergipanos. Conforme registrou a avaliação, Sergipe, este ano, levou nota 2,0. Contudo, ano passado, na gestão de Jackson Barreto (MDB), a média atingida foi de 0,8.

Os piores
O resultado revelou que cinco municípios estão com cenário ruim na educação, são eles Pedrinhas, que tirou nota 1,2; São Domingos, com 1,5; Santa Luzia do Itanhy, com 1,6; Malhador, com 1,7; e Malhada dos Bois, que ficou com 1,8.


As melhores
Já os melhores, a prova final apresentou Nossa Senhora do Socorro, com 7,1; Barra dos Coqueiros e Itabaiana, com 6,2; Propriá, 6,1; e Nossa Senhora das Dores, que tirou nota 5,9. A matéria completa sobre a avaliação está na edição de hoje, no Caderno Cidades.

Mudança no REDE
Todo o pessoal do Rede já se encaminha para a militância do PPS ainda no início de 2019. As duas partes se entenderão?

Mudanças na PMA

Segundo o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), vai ter mudança no secretariado. “Nós vamos mudar porque tem secretários acumulando duas pastas. Apenas coloquei um ou outro para assumir interinamente. Entre os dias 20 e 30 de janeiro eu anunciarei o secretariado que vamos construir”, contou ontem, durante coletiva de imprensa.

Avaliação positiva
Porém, apesar das mudanças, Edvaldo Nogueira registrou que boa parte dos integrantes do primeiro escalão ficará. “Porque são eficientes, competentes e têm feito um grande trabalho. A minha avaliação do grupo é muito positiva, mas claro que estamos vivendo um novo período político e administrativo, vamos fazer mudança porque ela é boa. Reoxigena, traz sangue novo, ideias novas e é sempre bom renovar”, disse.

Processo contra Deso 1
Edvaldo Nogueira informou que irá começar a obra dos grandes corredores na capital de Aracaju em janeiro. A iniciativa faz parte do plano de mobilidade. “Nós estamos trabalhando num plano conjunto com a Deso porque vamos fazer um novo corredor de transporte. Vamos tirar o asfalto antigo e vamos colocar o novo, do Mercado Municipal até o Terminal da Atalaia”, contou.

Processo contra Deso 2
“Estamos conversando com a Deso. Porque se a gente terminar de fazer o serviço e a Deso começar a furar, se isso acontecer, vamos processar como já fizemos uma vez. Caso seja necessário, não hesitaremos”,
acrescentou.