21/01/2019 as 07:43

Esvaziamento

Crise no MDB de Sergipe

O partido, que chegou a ter Belivaldo Chagas em seus quadros, vê agora, sem poder reagir, deputados articulando o ingresso em outras siglas


Esvaziamento 1
No governo tem se falado muito num possível esvaziamento do MDB, que se viu apeado do poder com a saída de Jackson Barreto do governo e seu insucesso na disputa pelo Senado. O partido, que chegou a ter Belivaldo Chagas em seus quadros, vê agora, sem poder reagir, os deputados Garibalde Mendonça e Zezinho Guimarães articulando o ingresso em outras siglas. Outro baque pode ser a manutenção da decisão que hoje deixa Luciano Bispo sem mandato – e sem a Presidência da Alese, por consequência.

Esvaziamento 2
Prefeitos e ex-prefeitos bons de voto já declararam a saída do partido, como Marcos Santana, de São Cristóvão, Danilo de Joaldo (Itabaianinha) e Humberto Maravilha (Umbaúba). Procede também a informação que vem sendo veiculada na imprensa de que estão de malas prontas os ex-prefeitos Uíta Barreto (Ribeirópolis) e Juca de Bala (Laranjeiras), além do vereador Dr. Gonzaga, de Aracaju, e o empresário Marcos Franco. Há uma queixa muito grande em relação à chamada “velha guarda” do partido, que estaria pressionando o governador.

Ciclovias
Visando contribuir com a mobilidade urbana, o vereador Iran Barbosa (PT) propôs a expansão da malha cicloviária de Aracaju. Ele apresentou duas indicações solicitando que a prefeitura providencie a construção de uma ciclovia ligando a Avenida Heráclito Rollemberg e a Avenida Antônio Alves. Ele ainda sugeriu a construção de uma ciclovia por toda a extensão da ponte que dá acesso ao Shopping Riomar, ligando o Bairro 13 de Julho ao Bairro Coroa do Meio.

Sem força

Quem conhece os bastidores da política – e de Brasília principalmente – teme que os próximos quatro anos serão difíceis para o Estado de Sergipe. Não há previsão de pujança na economia e o Estado ficará nas mãos do Governo Federal. O problema é que agora não haverá um interlocutor com força e representatividade para garantir recursos para o Estado, como já foram o ex-governador Marcelo Déda e até mesmo o deputado federal André Moura.

Ordem de serviço 1
O prefeito Edvaldo Nogueira assinou ontem ordem de serviço de infraestrutura nos loteamentos Jardim Bahia I e II, Bairro Soledade, zona Norte. Com um investimento de quase R$ 3 milhões, as obras foram viabilizadas com recursos da emenda impositiva de R$ 63 milhões, destinada para Aracaju pela bancada federal de Sergipe e conquistada por Edvaldo, com o apoio do deputado federal André Moura, que prestigiou o evento.

Ordem de serviço 2
Depois de ser elogiado por Edvaldo, Moura retribuiu: “A competência de Edvaldo e de sua equipe vem fazendo a diferença. Muitas obras foram retomadas e iniciadas por causa da capacidade e dos esforços empreendidos por sua gestão. Inauguramos uma nova forma de fazer política, deixando para trás o atraso e colocando os interesses do povo como prioridade”, falou.

Criticando
O ex-presidente da OAB, Henry Clay Andrade, tem comentado em seu Twitter os acontecimentos da política nacional. Ontem mesmo ele tuitou: “Muito estranha a suspensão da investigação do caso Queiroz pedida pelo senador Flávio Bolsonaro, ex-chefe do investigado. Diante de cheques estranhos, o residente Bolsonaro disse que Queiroz lhe devia, vende carro e faz rolo. Esse rolo foi para debaixo do tapete do Planalto”.

Sem-cargos
Depois dos sem-terra e dos sem-teto, cresce no governo estadual a categoria dos “sem-cargo”. É grande a turma que foi exonerada há 20 dias e continua trabalhando de graça, aguardando para saber se será novamente nomeada – ou não. Tem gente torcendo para receber salário retroativo ao início do mês, mas a possibilidade é remota.

Quem seria?
O Ministério Público Estadual (MPE) divulgou em seu portal uma notícia sobre a condenação de três envolvidos no processo das verbas de subvenção. Eram pessoas ligadas a uma entidade que recebeu os recursos da Assembleia. Só faltou dizer quem foi o deputado que destinou a grana à entidade.


Pelo Twitter
Pelo Twitter, o governador Belivaldo Chagas anunciou ontem mais um auxiliar: “Nomeei o novo secretário de Estado da Agricultura: André Luiz Bomfim Ferreira é engenheiro agrônomo e funcionário de carreira do Incra. Seja bem-vindo à nossa equipe. Vamos trabalhar!”.

Sessão OAB
Na segunda-feira, dia 21, às 19h, no Teatro Atheneu, será realizada a posse solene dos novos representantes da OAB/SE. A cerimônia será direcionada à investidura da Diretoria do Conselho Seccional da OAB/SE, Diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados, Presidência do Tribunal de Ética e Disciplina, Diretoria Geral da Escola Superior de Advocacia e Presidência do Conselho Estadual da Jovem Advocacia, para o triênio de 2019/2021.

Sem acessibilidade 1
De acordo com o vereador Lucas Aribé (PSB), o Espaço Zé Peixe não oferece acessibilidade para pessoas com deficiência. “O elevador não funciona, os painéis de informação não possuem Braille, no prédio encontramos piso tátil somente próximo da escada, o restaurante instalado não oferece cardápio em Braille e nem comandas individuais”, denunciou.

Sem acessibilidade 2
“Isso mostra um total desrespeito às normas estabelecidas para o funcionamento de locais turísticos, pois eles devem estar prontos para receber qualquer tipo de cidadão. Chamo a atenção do poder público no sentido de resolver urgentemente essa situação”, reforçou Lucas Aribé.

Medida administrativa
Por falar em OAB, o presidente Inácio Krauss de Menezes comentou com esta coluna que as medidas administrativas da nova gestão já estão sendo tomadas, a exemplo da redução da anuidade e da composição das comissões. “O advogado que quiser participar deve procurar a sede da OAB para manifestar o interesse”, disse.











Quer receber as melhores notícias no seu Whatsapp?

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.