15/04/2019 as 13:21

É contra

Fábio Henrique vota contra reforma da Previdência

O seu partido, o PDT, fechou questão e irá votar contra a reforma proposta por Bolsonaro


Ministra em SE 1
Neste sábado, dia 13, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, estará em Aracaju para entregar kit com equipamentos para Conselhos Tutelares de municípios sergipanos.

Ministra em SE 2
Cada kit contém um carro zero quilômetro, um refrigerador, um bebedouro, cinco computadores e uma impressora. A entrega será feita na Federação dos Municípios de Sergipe (Fames) e contará ainda com a presença de 25 gestores de Sergipe.

Audiência
previdência 1
Na sexta-feira, dia 12, o plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe foi cenário para discussão da PEC nº 6/2019, que trata da reforma da Previdência. A audiência pública, proposta pelo deputado estadual Iran Barbosa (PT), contou com o advogado Maurício Gentil e o economista Luis Moura, técnico do Dieese.

Audiência previdência 2
Além dos palestrantes, a audiência contou com o secretário José Roberto de Lima Andrade, responsável pela pasta do Sergipeprevidência, o deputado federal João Daniel (PT) e senador Rogério Carvalho (PT).

Audiência previdência 3
Na oportunidade, Iran Barbosa disse que a tarefa é mobilizar a classe política. “Essa reforma não é benéfica para o povo mais pobre do país, não é benéfica para a economia da nação; os municípios serão vulnerabilizados se essa reforma for aprovada, então nós temos que ter toda uma capacidade de argumentação e de enfrentamento a essa proposta. Para isso nós precisamos aprofundar conhecimentos.

É contra

Em conversa com a coluna, o deputado federal Fábio Henrique (PDT) informou que o seu partido fechou questão e votará contra a reforma da previdência proposta pelo presidente Jair Bolsonaro. “O nosso partido não se furtará de discutir o tema previdência, mas a reforma apresentada vai de encontro aos direitos dos mais pobres. Fechamos questão e vou seguir o partido”, anunciou Fábio.

Toda ruim
Fábio Henrique avaliou que a reforma é toda ruim e tem muito pouco a se aproveitar. Ele acha difícil que ela sobreviva à análise dos deputados federais. “Acho que a idade mínima não pode ser uniforme, sem levar em consideração as especificações de cada profissão e das regiões do Brasil”, disse FH, apontando um dos problemas.

Injusta
O deputado sergipano diz que não é justo que a idade mínima do gari seja igual à do engravatado que trabalha em um escritório no ar-condicionado. “O trabalhador rural do Nordeste ter a mesma regra do Sul, onde a expectativa de vida e as condições trabalho são bem melhores, também não faz sentido”, disse o federal.

Ausente?
Na Assembleia Legislativa tem sido grande o comentário sobre as reiteradas ausências do deputado estadual eleito Ibrahim Monteiro no plenário da Casa, desde a prisão do seu pai, o prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro. Valmir tem comparecido à Alese, participa das comissões e votações, mas evita subir à tribuna para discursar.

Loteamento
Um político que faz oposição à Prefeitura de Aracaju afirma que o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) fez um verdadeiro loteamento da máquina pública, para acomodar aliados que podem apoiar a sua reeleição. A liderança oposicionista afirmou que está sendo feito um levantamento nas nomeações dos novos secretários para mostrar o caráter político delas. A conferir.

Sumido

Você pode não lembrar, mas Evando Franca continua sendo vereador de Aracaju. Exercendo o enésimo mandato, o parlamentar é mais do que discreto: praticamente não se manifesta na tribuna da Casa. Buscando no site da própria Câmara de Vereadores não localizamos registros de discursos de Evando.

Balanço 1
O jovem Jorginho Araújo foi anunciado pelo prefeito Edvaldo Nogueira como futuro secretário de Governo. Ele deixa a Secretaria da Juventude e Esportes satisfeito com o trabalho que implementou. Em conversa com a coluna, ele destacou que em sua saída anunciou o pagamento do programa Bolsa Atleta 2016, que não vinha sendo pago pela gestão passada.

Balanço 2
Questionado pela coluna, Jorginho diz que ficou feliz com os registros feitos pelo prefeito, que em discurso o considerou uma revelação da sua gestão. “Um craque”, disse Edvaldo, afirmando ainda: “Jorginho é de extrema confiança, fará parte da minha cota pessoal. Escolhi porque sei que desempenhará um grande papel”, justificou o prefeito.