02/05/2019 as 07:55

Respondendo

Ana Lúcia diz que Edvaldo precisa reconhecer a força do PT

A ex-deputada Ana Lúcia (PT) comentou as declarações do ex-governador Jackson Barreto (MDB), que havia mandado recado ao agrupamento.


Respondendo 1

Em entrevista ao “Jornal da Fan”, a ex-deputada Ana Lúcia (PT) comentou as declarações do ex-governador Jackson Barreto (MDB), que havia mandado recado ao agrupamento, dizendo que os aliados não podem fazer política de isolamento sob pena de ficarem isolados.

Respondendo 2
“É a visão que ele tem, o PT saiu dessa eleição com um senador, dois estaduais, um federal. É preciso lembrar que Jackson era contra a candidatura de Edvaldo e fomos nós do PT que defendemos”, disse Ana Lúcia. A ex-deputada estadual lembrou que Jackson defendeu a candidatura de Zezinho Sobral e só recuou após posição do PT em defesa de Edvaldo.

Respondendo 3
Ana Lúcia disse que Edvaldo precisa reconhecer a força do PT. “Ou Edvaldo conversa com o PT, com a força que o PT tem em Aracaju e em Sergipe, ou tem unidade interna para termos candidatura própria sim”, afirmou. Segundo ela, o PT não irá e nem ficará isolado caso tome esta decisão. “Quem tem a militância que nós temos, quem tem uma liderança como nós temos, que se chama Luiz Inácio Lula da Silva, nós não vamos para o isolamento, iremos para o diálogo com a população”, assegurou Ana.

Sem grana?
Pelas redes sociais, o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) afirmou que está trabalhando para que o Forró Caju deste ano seja realizado. “Cadastramos o projeto no Ministério do Turismo e agradeço o empenho do deputado Fábio Mitidieri por estar trabalhando para aprovação e liberação dos recursos. Só faremos a festa se tivermos condições de realizá-la. Vamos torcer!”, escreveu o prefeito.

Vídeo
E o vereador Cabo Amintas anda impossível. Depois de chamar para a briga o vereador Vinícius Porto, ele disse agora que várias pessoas o procuraram afirmando que possuem em mãos vídeos de um vereador “fazendo uso de drogas”. Segundo ele, as pessoas chegaram a informar inclusive o nome do vereador. Ele disse que poderia levar o caso às autoridades.

Arrendamento
A Petrobras havia anunciado a hibernação da Fafen em Sergipe, alegando que a empresa não dá lucro. Depois da mobilização da classe política, chegou-se à conclusão de que o ideal seria arrendar. Três grandes empresas já foram classificadas e estão na disputa para arrendar a Fafen por dez anos. A pergunta que fica é: se a Fafen não dá lucro, por que essas empresas estão interessadas no negócio? Estranho...

Rondas
O pessoal da Polícia Militar continua insatisfeito com as rondas e abordagens que têm sido feitas por homens da Guarda Municipal de Aracaju. Eles alegam que isso não é função da GM, que tem como atribuição cuidar do patrimônio municipal. Mas a Guarda tem gostado de aplicar um “baculejo” pelas ruas da cidade.

Sergipetec
Administrador por formação, com passagem por diversas entidades representantes do comércio, Brenno Barreto foi empossado na manhã de ontem como novo presidente do Sergipe Parque Tecnológico (Sergipetec). A solenidade aconteceu no auditório da Codise, em Aracaju, e foi coordenada pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, José Augusto de Carvalho.

Projeto de lei
O deputado estadual Dr. Samuel Carvalho (Cidadania23) apresentou o projeto de lei que propõe a notificação compulsória de casos de violência autoprovocada, incluindo tentativas de suicídio e automutilação, no âmbito do Estado de Sergipe. “O Estado precisa desses dados para atuar na prevenção e acolhimento dos cidadãos que muitas se automutilam para aliviar uma dor emocional”, defendeu, para aprovação do projeto.

Arrendamento
A Petrobras havia anunciado a hibernação da Fafen em Sergipe, alegando que a empresa não dá lucro. Depois da mobilização da classe política, chegou-se à conclusão de que o ideal seria arrendar. Três grandes empresas já foram classificadas e estão na disputa para arrendar a Fafen por dez anos. A pergunta que fica é: se a Fafen não dá lucro, por que essas empresas estão interessadas no negócio? Estranho...

Sem regalias
Por todo o Brasil, uma nova safra de deputados estaduais está abrindo mão de privilégios como carros, verbas de paletó e outros penduricalhos que abocanham o dinheiro do povo. Alguns chegam a protocolar projetos extinguindo essas “facilidades”. Já em Sergipe... bom, você sabe, tudo na mesma.

Não ajuda muito
O Ministério da Economia informou que a reforma da Previdência, se aprovada da forma que foi enviada ao Congresso Nacional, pode gerar para o Estado de Sergipe uma economia de até R$ 4 bilhões nos próximos dez anos – economia feita com pagamento de aposentadorias e pensões. Só que o déficit anual da Previdência em Sergipe é superior a R$ 1 bilhão. Ou seja, a reforma não vai ajudar a melhorar muito a situação e Sergipe.

Debate fusão 1
Ontem, o deputado Gilmar Carvalho (PSC) solicitou a realização de sessão especial na Assembleia Legislativa de Sergipe para debater a possível fusão entre o Banco do Nordeste (BNB) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), proposta pelo Governo Federal.

Debate fusão 2
“O BNB é o maior agente de crédito rural do Brasil e a sua extinção culminará não só na demissão de mais de sete mil funcionários, como também impactará diretamente no agronegócio e no fomento do credito às micro e pequenas empresas da região”, justifica Gilmar.