06/05/2019 as 07:36

Cortes

Reitor da UFS critica cortes na Educação que o atual Governo Federal vem realizando

Para Ângelo Antoniolli, os cortes são muito preocupantes e a sociedade deve ficar atenta.


Precisa investir 1

O deputado federal Valadares Filho (PSB) afirmou que o Governo Federal precisa investir mais na UFS. “Lamentável a forma que o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, compara as universidades sergipanas e critica o custo para o funcionamento da Universidade Federal de Sergipe. Os sergipanos reconhecem a grandeza e a importância da instituição para nosso Estado”, falou. 

Precisa investir 2
Ainda segundo Valadares Filho, o que a UFS precisa é de mais incentivos e atenção por parte do Governo Federal. “Atualmente, a universidade presta um excelente serviço para a sociedade e, se receber mais investimentos, tem a capacidade de ampliação de seu potencial. Sou testemunha do grande trabalho feito pelo magnífico reitor Angelo Antoniolli e por todo o corpo docente da UFS para levar o melhor do ensino aos alunos e reforço novamente meu compromisso e parceria com a instituição”, falou.

MP quer CCs
O deputado estadual Georgeo Passos denunciou em suas redes socais que o Ministério Público de Sergipe quer criar 25 novos CCs em sua estrutura. O gasto com estes CCs, segundo Georgeo, podem chegar a mais de R$ 1 milhão por ano. Por outro lado, no mesmo projeto de lei, o MP quer acabar com 53 cargos de provimento efetivo que estão vagos – assim sendo, reduzirá o número de vagas de seu próximo concurso. “Que exemplo do MP, que tanto cobra dos gestores a realização de concurso público! Incoerência?”, questionou Georgeo.

Repudiou 1
O Sindicato dos Trabalhadores Efetivos do Ministério Público de Sergipe emitiu uma nota repudiando com veemência a decisão que considerou arbitrária e antidemocrática da gestão do órgão em extinguir 53 cargos do quadro de pessoal e pela intenção de contratação de 25 cargos comissionados para seu quadro de pessoal.

Repudiou 2
Conforme a resolução 06/2019, está descrita a extinção de 33 cargos de analista e outros 20 cargos de técnico, ao passo em que são criados dez cargos em comissão simples de assessor operacional e mais 15 cargos na função de assessor operacional funcional (nível superior). O documento ainda transforma cargos de assessor do PGJ com a nomenclatura de assessor institucional operacional e cria 20 funções de confiança. “Trata-se de mais uma medida estatal para precarizar as relações de trabalho em plena semana que se comemora o Dia Internacional do Trabalhador”, registrou a nota do sindicato.

Previdência
Seguem abertas as inscrições para o seminário “Reforma da Previdência e Questões Jurídicas Relacionadas”, que será realizado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), por meio da sua Escola de Contas (Ecojan), na próxima sexta-feira, 10, às 9 horas, no auditório do órgão. A uma semana do evento, 210 pessoas já fizeram a inscrição e garantiram presença.

ONGs e folha
O senador Rogério Carvalho (PT) quer barrar o decreto do presidente Bolsonaro que vai incluir os gastos com OSs e ONGs na contabilidade das folhas de pagamento dos governos estaduais. Isso, segundo ele, vai piorar ainda mais a situação dos Estados. “É uma insanidade”, diz ele.


Cortes 1
O reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS) disse no “Jornal da Fan” desta sexta-feira, 3, que os cortes na Educação que o atual governo vem promovendo são muito preocupantes e que a sociedade deve ficar atenta. “As universidades são o grande patrimônio imaterial da sociedade brasileira”, falou o Ângelo Antoniolli.


Cortes 2
O reitor também comentou no programa sobre a recente entrevista do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em que comparou a UFS com uma universidade privada de Sergipe, colocando a pública com um rendimento bastante aquém a particular. Para Antoniolli, além de o ministro ter passado dados inverídicos, criou um clima de tensão desfavorável em duas instituições de ensino respeitáveis.

Reforma da Previdência 1
Nesta segunda-feira, 6, a partir das 8h, a União dos Policiais do Brasil (UPB) em Sergipe promoverá um café da manhã voltado para oito deputados federais e três senadores que militam por Sergipe. O evento acontece na sede do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais de Sergipe, localizada na Rua Gararu, 975, no Bairro Suissa.

Reforma da Previdência 2
Com a pauta “Profissionais de Segurança Pública na Reforma da Previdência”, o evento, promovido pela UPB Sergipe, contará com a palestra do policial rodoviário federal Marcelo de Azevedo, diretor Jurídico da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais e especialista em Direito do Estado.

Definição partidária 1
O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) registrou na rede social sobre tempo para uma definição partidária. “Não tem como outra pessoa decidir por mim. É algo muito pessoal. Estou há 38 anos no PCdoB, então é algo que demanda muita reflexão. Eu preciso estar convicto antes de decidir”, escreveu.

Definição partidária 2
“Tenho muito carinho, respeito e admiração por Fábio Henrique. Não existe qualquer ação para atropelar a liderança dele. Não vou tomar partido de ninguém, não tenho interesse em disputar partido. Não é a minha vontade. Não quero guerra. Eu vou para um partido para construir, colaborar. Para um partido que eu acredite e respeite”, apontou Edvaldo.