06/05/2019 as 07:36

Cortes

Reitor da UFS critica cortes na Educação que o atual Governo Federal vem realizando

Para Ângelo Antoniolli, os cortes são muito preocupantes e a sociedade deve ficar atenta.


Precisa investir 1

O deputado federal Valadares Filho (PSB) afirmou que o Governo Federal precisa investir mais na UFS. “Lamentável a forma que o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, compara as universidades sergipanas e critica o custo para o funcionamento da Universidade Federal de Sergipe. Os sergipanos reconhecem a grandeza e a importância da instituição para nosso Estado”, falou. 

Precisa investir 2
Ainda segundo Valadares Filho, o que a UFS precisa é de mais incentivos e atenção por parte do Governo Federal. “Atualmente, a universidade presta um excelente serviço para a sociedade e, se receber mais investimentos, tem a capacidade de ampliação de seu potencial. Sou testemunha do grande trabalho feito pelo magnífico reitor Angelo Antoniolli e por todo o corpo docente da UFS para levar o melhor do ensino aos alunos e reforço novamente meu compromisso e parceria com a instituição”, falou.

MP quer CCs
O deputado estadual Georgeo Passos denunciou em suas redes socais que o Ministério Público de Sergipe quer criar 25 novos CCs em sua estrutura. O gasto com estes CCs, segundo Georgeo, podem chegar a mais de R$ 1 milhão por ano. Por outro lado, no mesmo projeto de lei, o MP quer acabar com 53 cargos de provimento efetivo que estão vagos – assim sendo, reduzirá o número de vagas de seu próximo concurso. “Que exemplo do MP, que tanto cobra dos gestores a realização de concurso público! Incoerência?”, questionou Georgeo.

Repudiou 1
O Sindicato dos Trabalhadores Efetivos do Ministério Público de Sergipe emitiu uma nota repudiando com veemência a decisão que considerou arbitrária e antidemocrática da gestão do órgão em extinguir 53 cargos do quadro de pessoal e pela intenção de contratação de 25 cargos comissionados para seu quadro de pessoal.

Repudiou 2
Conforme a resolução 06/2019, está descrita a extinção de 33 cargos de analista e outros 20 cargos de técnico, ao passo em que são criados dez cargos em comissão simples de assessor operacional e mais 15 cargos na função de assessor operacional funcional (nível superior). O documento ainda transforma cargos de assessor do PGJ com a nomenclatura de assessor institucional operacional e cria 20 funções de confiança. “Trata-se de mais uma medida estatal para precarizar as relações de trabalho em plena semana que se comemora o Dia Internacional do Trabalhador”, registrou a nota do sindicato.

Previdência
Seguem abertas as inscrições para o seminário “Reforma da Previdência e Questões Jurídicas Relacionadas”, que será realizado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), por meio da sua Escola de Contas (Ecojan), na próxima sexta-feira, 10, às 9 horas, no auditório do órgão. A uma semana do evento, 210 pessoas já fizeram a inscrição e garantiram presença.

ONGs e folha
O senador Rogério Carvalho (PT) quer barrar o decreto do presidente Bolsonaro que vai incluir os gastos com OSs e ONGs na contabilidade das folhas de pagamento dos governos estaduais. Isso, segundo ele, vai piorar ainda mais a situação dos Estados. “É uma insanidade”, diz ele.


Cortes 1
O reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS) disse no “Jornal da Fan” desta sexta-feira, 3, que os cortes na Educação que o atual governo vem promovendo são muito preocupantes e que a sociedade deve ficar atenta. “As universidades são o grande patrimônio imaterial da sociedade brasileira”, falou o Ângelo Antoniolli.


Cortes 2
O reitor também comentou no programa sobre a recente entrevista do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em que comparou a UFS com uma universidade privada de Sergipe, colocando a pública com um rendimento bastante aquém a particular. Para Antoniolli, além de o ministro ter passado dados inverídicos, criou um clima de tensão desfavorável em duas instituições de ensino respeitáveis.

Reforma da Previdência 1
Nesta segunda-feira, 6, a partir das 8h, a União dos Policiais do Brasil (UPB) em Sergipe promoverá um café da manhã voltado para oito deputados federais e três senadores que militam por Sergipe. O evento acontece na sede do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais de Sergipe, localizada na Rua Gararu, 975, no Bairro Suissa.

Reforma da Previdência 2
Com a pauta “Profissionais de Segurança Pública na Reforma da Previdência”, o evento, promovido pela UPB Sergipe, contará com a palestra do policial rodoviário federal Marcelo de Azevedo, diretor Jurídico da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais e especialista em Direito do Estado.

Definição partidária 1
O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) registrou na rede social sobre tempo para uma definição partidária. “Não tem como outra pessoa decidir por mim. É algo muito pessoal. Estou há 38 anos no PCdoB, então é algo que demanda muita reflexão. Eu preciso estar convicto antes de decidir”, escreveu.

Definição partidária 2
“Tenho muito carinho, respeito e admiração por Fábio Henrique. Não existe qualquer ação para atropelar a liderança dele. Não vou tomar partido de ninguém, não tenho interesse em disputar partido. Não é a minha vontade. Não quero guerra. Eu vou para um partido para construir, colaborar. Para um partido que eu acredite e respeite”, apontou Edvaldo.











Quer receber as melhores notícias no seu Whatsapp?

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.