16/05/2019 as 07:43

Contradição

Georgeo questiona constitucionalidade do projeto do MPE

O MPE quer extinguir 53 cargos efetivos e criar 25 comissionados.


PCdoB reage 1
O presidente do PCdoB de Aracaju, Júnior Trindade, reagiu às críticas do presidente municipal do PT, Jefferson Lima, contra a chegada do PP, do deputado federal Laércio Oliveira, ao governo de Edvaldo Nogueira. “Quando Laércio declarou apoio a Eliane vice-governadora não houve crítica. Agora, se o apoio é para a gestão de Edvaldo, tem que criticar?”, questionou.

PCdoB reage 2
Júnior continuou: “Não vi Jefferson fazer uma crítica sequer quando Laércio apoiou Eliane. Laércio tem ajudado muito Aracaju com emendas, trazendo recursos para a cidade. E Edvaldo está preocupado com os problemas da cidade e tem buscado o apoio de todos para resolvê-los. Não vai ser o PT que irá definir com quem o PCdoB fará alianças”, declarou.

Voos diretos 1
Fruto das negociações realizadas entre representantes das companhias áreas Azul e Gol com o Governo do Estado, nos próximos meses voos diretos serão ofertados pelas duas operadoras. A partir do dia 9 de julho, um voo direto entre Aracaju e Salvador será ofertado pela Azul Linhas Aéreas. A rota estará disponível com saída às 4h15 e chegada em Salvador prevista às 5h05.

Voos diretos 2
Da mesma forma, a Gol anunciou ontem a terceira fase de ampliação de voos no Estado de São Paulo, que, desta vez, contempla dez cidades, entre elas Aracaju. As novas operações iniciam a partir da primeira semana de agosto e estarão concentradas no Aeroporto Internacional de Guarulhos. O voo direto Aracaju/São Paulo tem saída prevista da capital sergipana para as 4h10, com previsão de chegada em São Paulo às 7h. No mês de abril, a operadora Gol já havia anunciado um novo voo direto entre Brasília e Aracaju.

SPU 1
O governador Belivaldo Chagas reuniu-se ontem com a superintendente da Secretaria de Patrimônio da União (SPU) em Sergipe, Jovanka Carvalho Praciano Ideburque Leal, para tratar de questões de interesse do Estado e do órgão federal. Dentre os assuntos discutidos, destacam-se a situação do Hotel Palace, localizado no Centro da capital sergipana, e a cessão de uma área na Orla Sul de Aracaju, a qual o governo pretende revitalizar.

SPU 2
De acordo com o governador, a intenção é que o SPU doe o andar do Hotel Palace sob sua responsabilidade para o Estado. “Buscamos uma solução para aquele prédio. Como lá existe uma área também da SPU, a tendência é que se faça a doação para o Estado e, com isso, a gente resolva essa questão e passe o hotel para a iniciativa privada ou alguma instituição interessada”, disse Belivaldo.

Contradição 1

O deputado estadual Georgeo Passos continua afirmando que há uma grande contradição e questionou a constitucionalidade do projeto do Ministério Público Estadual, que extingue 53 cargos efetivos e cria 25 comissionados. O deputado afirmou que a proposta será questionada através de vias judiciais. 

Contradição 2
“O Ministério Público acaba com 53 cargos efetivos e cria 25 cargos em comissão. Estamos falando do mesmo MPE que exige da Assembleia Legislativa, das prefeituras municipais e câmaras municipais concurso público e, justo eles, fazem o contrário, extinguem 18 cargos de analista administrativo, da área de Direito, que trabalha com processos. Possivelmente tem um concurso em vista e aí vão fazer um edital com menos vagas”, falou.

Assessores 1
O vice-presidente da Alese, Francisco Gualberto (PT), foi o relator do projeto de lei apresentado pelo MPE, extinguindo cargos efetivos e criando cargos comissionados. Ele votou favoravelmente ao projeto, mas voltou a criticar as tentativas de interferência de outros poderes no parlamento estadual. O projeto do MPE, que foi aprovado no plenário por maioria de votos, extingue 53 cargos efetivos do órgão que estavam vagos e cria outros 25 cargos em comissão e funções de confiança.

Assessores 2
Gualberto afirmou que o MP vem tentando impor regras incabíveis ao mandato dos parlamentares, principalmente no que diz respeito ao quadro de assessores que atuam no interior do Estado. “Não concordo com o fato de o Ministério Público dizer como os assessores de um deputado devem trabalhar. Do gabinete nenhum deputado consegue fazer seu mandato. Seria melhor entrar na Justiça e pedir a anulação de todos os assessores, colocando somente técnicos aqui”, expôs Gualberto.

Frigorífico 1
O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) denunciou a retirada e uso de água de barragem pública por um dos frigoríficos privados em Sergipe. “Tenho uma gravação que prova que até recentemente o frigorífico localizado nas imediações de Itabaiana vinha tirando água da barragem pública, localizada no Município de Itabaiana, para abastecer o próprio frigorífico e o seu trabalho. Um frigorífico privado”, revelou na Assembleia.

Frigorífico 2
O parlamentar disse que levará representação contra o frigorífico ao Ministério Público. “Tenho certeza que o MP não apoia que o ente privado se utilize de algo público para lucrar, deixando de fazer o que devia. É esse o frigorífico que se quer para substituir o matadouro de Itabaiana, que é um dos melhores do Estado?”, questionou Gilmar, ao lamentar que o fechamento do matadouro de Itabaiana tem prejudicado bastante a feira do município, uma das maiores do Nordeste.

Indireta?
Pastor Heleno Silva, ex-candidato ao Senado Federal na última eleição, escreveu na rede social uma possível indireta. “Têm candidatos a prefeito em 2020 que na verdade estão olhando para 2022. Estão igual a Ronaldinho Gaúcho, olhando para um lado e chutando pra outro”, registrou no perfil pessoal do Twitter.