13/06/2019 as 07:36

Violência

Luiz Eduardo Oliva repudia agressão da GMA contra estudante universitário cadeirante

Nota pública de repúdio foi emitida pelo professor e ex-secretário de Estado dos Direitos Humanos e da Cidadania.


Liminar
Liminar expedida ontem determina que o Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário de Sergipe (Sinttra) garanta que ao menos 40% do efetivo dos trabalhadores do transporte público coletivo de Aracaju e região metropolitana estejam prestando serviço à população nesta sexta-feira, dia 14, mesmo diante do indicativo de greve geral, sob pena de multa diária de R$ 50 mil.

Café com a Amase
A Associação dos Magistrados de Sergipe (Amase) convidou para um café da manhã, na próxima segunda-feira, dia 17, os parlamentares – deputados federais e senadores – da bancada sergipana no Congresso Nacional. A associação e seus associados querem discutir com a bancada as demandas de interesse da magistratura nacional que tramitam na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. O café ocorre na sede da Amase, no Tribunal de Justiça de Sergipe, a partir das 8h30.

Apurando 1
O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) se reuniu ontem com o secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida, e determinou uma apuração rigorosa e precisa a respeito da atuação da Guarda Municipal de Aracaju (GMA) no caso de um cadeirante que bloqueou a garagem da Viação Atalaia na última sexta-feira, 7.

Apurando 2
Argumentando que precisava vistoriar todos os ônibus, o cadeirante se recusou a sair da porta da empresa. Equipes da SMTT e da GMA dialogaram por cerca de três horas para que ele liberasse a entrada da empresa, pois estava impedindo a circulação dos ônibus. Edvaldo garantiu que vai apurar o ocorrido para tomar as providências devidas.

Violência 1

O professor e ex-secretário de Estado dos Direitos Humanos e da Cidadania, Luiz Eduardo Oliva, emitiu uma nota pública de repúdio à violência da Guarda Municipal de Aracaju contra o estudante universitário Tony David da Silva Melo Santos, que é cadeirante. “É absurda, abjeta, inadmissível”, disse Oliva, que é professor de Tony.

Violência 2
“Tony estava exercendo o direito constitucional em defesa da sua própria cidadania protestando, praticamente sozinho, contra a falta de acessibilidade no transporte público de Aracaju. O direito ao protesto é legítimo e protegido constitucionalmente. Espera-se do prefeito de Aracaju uma atitude enérgica visando à apuração dos fatos, embora as imagens de conhecimento público por si já demonstrem a brutal agressão”, comentou o professor.

Reforma
Gustinho Ribeiro, Laércio Oliveira, Fábio Reis, Valdevan 90 e Bosco Costa são os cinco deputados federais apontados nas redes sociais como os apoiadores da reforma da Previdência no Estado. Os outros – Fábio Mitidieri, Fábio Henrique e João Daniel – teriam a pretensão do voto contra. Na verdade, à exceção de João Daniel, todos os outros andam dizendo que “se tirar o BPC os trabalhadores rurais e a capitalização” vão estar com a proposta encaminhada pelo governo e alterada na Câmara Federal.

IPTU de Aracaju
A OAB de Sergipe pretende ingressar com recurso no Supremo (STF) para que os contribuintes do IPTU em Aracaju sejam compensados com dinheiro ou abatimento dos valores pagos no período de 2015 a 2018. Ontem, o Tribunal de Justiça considerou as leis do ex-prefeito João Alves Filho (DEM) e do atual prefeito Edvaldo Nogueira inconstitucionais. Elas elevaram o imposto acima da inflação e causaram prejuízos à população.


The end
O ex-vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado, assumiu o comando da Comissão Executiva Provisória do DEM em Sergipe. Parece que ele, hoje sem nenhum cargo, é o segundo nome mais forte no partido, perdendo apenas para a senadora Maria do Carmo Alves. Em outros tempos não muito distantes, o nome mais forte era o do ex-prefeito João Alves Filho, hoje adoentado e aposentado da vida pública. Na verdade, o DEM caminha para o fim no Estado.

Almeida Lima
Aliados, amigos e inimigos parecem ter a mesma avaliação sobre uma possível candidatura do ex-prefeito Almeida Lima em 2020 para a Prefeitura de Aracaju: o seu nome não vingará.

Sem Plano Diretor 1
O vereador Anderson de Tuca (PRTB) cobrou o Plano Diretor de Aracaju ontem na Câmara. “Já estamos quase encerrando mais um semestre e algo me deixa muito preocupado, o Plano Diretor até agora não foi feito. Eu cobrei quando era vice-líder do ex-prefeito João Alves (DEM). Vejam quanto tempo faz”, disse na Tribuna.

Sem Plano Diretor 2
“As pessoas não entendem a importância do Plano Diretor para a cidade de Aracaju. É através dele que problemas gravíssimos, como o das irregularidades das calçadas, podem ser resolvidos, é no Plano Diretor que se avalia a construção de uma creche, a criação de uma escola, um posto de saúde, uma maternidade, é com ele que é avaliada a ampliação das nossas duas UPAs, a questão das nossas praças”, acrescentou.

Esclarecimentos
Por falar em Câmara, o presidente da Casa, vereador Nitinho (PSD), fez esclarecimentos sobre contratos e documentos do parlamento. “São documentos públicos, que se encontram no Tribunal de Contas. Já mandei providenciar a solicitação dos contratos e disponibilizar para os parlamentares. Não temos nada a esconder e vamos entregar o mais rápido possível”, destacou.

Esclarecimentos 2
Segundo Nitinho, a Câmara de Aracaju é o primeiro parlamento do Estado de Sergipe que faz o pregão eletrônico. “A nossa forma de licitação é uma das melhores, por pregão eletrônico. Tenho muita tranquilidade com os contratos dessa Casa. Sempre procurei me cuidar como presidente para dar transparência ao serviço da Câmara. Não há nenhum contrato tendencioso para interesse pessoal”, disse.