10/07/2019 as 07:53

Feiras

TCE/SE inicia assinatura de termos de ajustamento de gestão (TAG)

Neste primeiro dia, assinaram o documento os prefeitos de Campo do Brito, Indiaroba, Carmópolis, Maruim e Cristinápolis.


E-Social
As alterações no e-Social anunciadas pelo Governo Federal estão sendo vistas com desconfiança por empresários. Isso porque circula a informação inclusive de que o e-Social será extinto e substituído por outro sistema, até 2020. Mas as empresas gastaram muito para se adaptar ao sistema que está em vigor. Uma empresa sergipana investiu cerca de R$ 40 milhões para criar um novo sistema, interligado ao e-Social.

Inelegibilidade

O coordenador da bancada de Sergipe na Câmara Federal, deputado Fábio Reis (MDB), apresentou o projeto de lei complementar 171/2019 que altera a lei complementar nº 64/90 para determinar a inelegibilidade de cônjuges e parentes até o terceiro grau ou por adoção, consanguíneo ou afim, de ministros ou conselheiros dos Tribunais de Contas.

Inelegibilidade 2
Segundo o parlamentar, a medida visa proporcionar mais equilíbrio no processo eleitoral, já que ministros e conselheiros das Cortes de Contas detêm poder que pode ser usado de má fé. “Tanto pode haver pressão para determinado gestor apoiar um parente de um membro do conselho, sob pena da não aprovação das contas, como pode haver vista grossa para gestores aliados”, afirmou o deputado.

Feiras 1
O Tribunal de Contas de Sergipe (TCE/SE), por meio da conselheira Susana Azevedo, deu início ontem à assinatura de termos de ajustamento de gestão (TAG) que objetivam corrigir inconformidades constatadas pelos técnicos do órgão nas feiras livres dos municípios. Neste primeiro dia, assinaram o documento os prefeitos de Campo do Brito, Indiaroba, Carmópolis, Maruim e Cristinápolis.

Feiras 2
“Os prefeitos estão sendo convidados para este ajustamento buscando melhorias consideráveis nas feiras das cidades; algumas estão em situação difícil, como comprovou nossa auditoria. São práticas do século passado que continuam a existir, como fiscais recolhendo dinheiro das taxas com os feirantes, de banca em banca, quando esta taxa deveria ir direto para a conta da prefeitura. Também falamos sobre a questão da organização das feiras; estamos colocando sugestões a respeito da higiene, de cursos de aperfeiçoamento para os feirantes e da organização dos banheiros dos mercados, dentre outros”, explicou a conselheira.

Nota 1
“A Turma Marechal Castello Branco da Academia Militar das Agulhas Negras (1971) sente uma saudade inimaginável da morte do ex-cadete Sadi Gitz, ocorrida na última quinta-feira, 4, num hotel da Orla da Atalaia, na cidade de Aracaju. O ex-cadete Gitz levou consigo os ideais da honra, dever e Pátria, que norteiam o verdadeiro soldado do Exército de Caxias!”. A nota foi enviada à coluna pelo promotor de Justiça Augusto César Lobão Moreira, integrante da TMCB.

Nota 2
O texto segue: “Solidariza-se, irrestritamente, com a família do colega, sabendo que Deus o abrigará no alojamento dos grandes brasileiros. ‘Vida que segue’, sim, àqueles que possuem caráter, integridade, lealdade e patriotismo”. A nota é assinada pela Turma Marechal Castello Branco (AMAN-1971) - Brasil Acima de Tudo.

Sem clima 1
O secretário de Estado do Turismo, Manelito Franco, faltou com respeito ontem, 9, durante uma reunião com o trade turístico. Além de chegar atrasado, ele não aceitou que os participantes opinassem em relação ao plano de marketing digital. Entre algumas falhas apresentadas estava a duração de apenas 20 dias do plano e a falta de planejamento para o segundo semestre, com o encerramento do Prodetur.

Sem clima 2
Sem aceitar críticas ou sugestões, o secretário demonstrou nervosismo e partiu para a agressão verbal, inclusive afirmando que os hoteleiros foram mentir para o governador em uma reunião recente que tiveram com Belivaldo Chagas no Palácio de Despachos. Sem condições para o diálogo, parte dos hoteleiros que estavam na reunião se levantou e foi embora da Setur, numa clara demonstração que não há mais clima para futuras parcerias. Se o momento para o Turismo em Sergipe já não é bom, após essa reunião deve piorar ainda mais.

Publicidade em Aracaju 1
O vereador Thiaguinho Batalha (PMB) registrou que irá se reunir com empresários de Aracaju. “Para entender suas dúvidas sobre a taxa de cobrança de publicidades colocadas à frente dos estabelecimentos. É preciso buscar um denominador comum entre a Emsurb e este setor, já que tenho certeza que não existe objetivo de prejudicar este segmento”, apontou.

Publicidade em Aracaju 2
“Como criador da Comissão de Empreendedorismo, sugiro a discussão do assunto na Câmara Municipal de Aracaju, para assim fortalecer mais a cadeia empresarial e gerar cada vez mais empregos”, registrou o vereador Thiaguinho Batalha na rede social.

Dependência tecnológica 1
O deputado estadual Samuel Carvalho (Cidadania) tem um projeto de lei tramitando na Assembleia Legislativa que institui a semana de orientação, prevenção e combate à dependência tecnológica dentro do calendário anual de campanhas institucionais da Secretaria de Estado da Saúde, sempre nos finais do mês de março.

Dependência tecnológica 2
A proposta do parlamentar passa pela realização de procedimentos informativos e educativos a serem definidos pelo poder público. Em sua justificativa, o deputado reconhece que a comunicação e as ferramentas tecnológicas revolucionaram o desenvolvimento humano, permitindo a transposição de barreiras sociais, culturais e geográficas.











Quer receber as melhores notícias no seu Whatsapp?

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.