23/04/2020 as 08:57

CONSTITUIÇÃO

Carlos Ayres Britto assegura que isolamento é constitucional

Com isso, ele reafirma que a ordem dada por governadores e prefeitos para que as pessoas fiquem em casa está assegurada na Constituição Brasileira

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

É CONSTITUCIONAL 1

Ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), o sergipano Carlos Ayres Britto, assegurou que o isolamento social determinado em decretos publicados por governantes brasileiros durante a pandemia do novo coronavírus é constitucional, porque tem como objetivo a preservação da saúde de todos.

É CONSTITUCIONAL 2

Com isso, ele reafirma que a ordem dada por governadores e prefeitos para que as pessoas fiquem em casa está assegurada na Constituição Brasileira. Em um vídeo publicado nas redes sociais, o jurista embasa a determinação dos gestores: “O artigo 196 diz que saúde é direito de todos e é dever do Estado, sendo garantida mediante a adoção de políticas sociais e econômicas voltadas para a redução de risco de doenças e outros agravos”, esclareceu.

VIDEOCONFERÊNCIA

Falando sobre tecnologia e otimização trabalho, no domingo, dia 22, o prefeito Edvaldo Nogueira participou de uma videoconferência com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e com prefeitos de capitais de todo o país. A reunião foi uma iniciativa da Frente Nacional de Prefeitos para discutir as medidas de enfrentamento ao coronavírus.

LIVES 1

Durante esse período de quarentena, muitas pessoas estão fazendo da rede social, de fato, um canal importante e poderoso de comunicação. Assim como os artistas musicais, professores de educação física, muitos parlamentares realizam as famosas “lives” para continuar mantendo contato, nem que seja virtualmente, com os eleitores.

LIVES 2

Claro que especialmente aqueles que já estão confirmados como pré-candidatos a algum cargo estão com um empenho maior. Em época de quarentena, sai na frente quem usa a tecnologia a seu favor e utiliza as ferramentas necessárias para fisgar a atenção do eleitor num período mundial tão crítico.