06/05/2020 as 08:49

AUXÍLIO

Magistrados e servidores voltam a receber auxílio-alimentação

Também será paga a gratificação por exercício cumulativo de jurisdição ou de acervo processual aos magistrados

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

O presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, desembargador Osório Ramos, enviou mensagem aos servidores e magistrados afirmando que como consequência das medidas de contingenciamento adotadas ainda no mês de abril passado, a partir do mês de maio foi retomado o pagamento do auxílio-alimentação a magistrados e servidores. Também será paga a gratificação por exercício cumulativo de jurisdição ou de acervo processual aos magistrados.

RAPIDAMENTE
O governador Belivaldo Chagas tem evitado contatos pessoais, mas tem feito despachos e conversado as coisas mais urgentes via videoconferência.

 

SEM POLITICAGEM
A delegada Georlize Teles foi questionada pelo jornalista Douglas Magalhães sobre sua candidatura, pelo DEM, à Prefeitura de Aracaju. Georlize respondeu que sim, mas que o momento não era de política nem de politicagem. A delegada disse mais: “O momento é de salvar vidas e cuidar de pessoas, depois da pandemia quero visitar todos os meus amigos aracajuanos e espero encontrá-los com vida e saúde, com fé em Deus”.

O presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, desembargador Osório Ramos, enviou mensagem aos servidores e magistrados afirmando que como consequência das medidas de contingenciamento adotadas ainda no mês de abril passado, a partir do mês de maio foi retomado o pagamento do auxílio-alimentação a magistrados e servidores. Também será paga a gratificação por exercício cumulativo de jurisdição ou de acervo processual aos magistrados.

AUXÍLIO 2 “Estamos trabalhando para que os valores que deixaram de ser pagos no mês de abril possam ser quitados em breve, tudo a depender da melhoria das condições financeiras do Estado de Sergipe, mas com a certeza de que o retorno das verbas agora anunciadas é para todos nós uma grande vitória”, explicou o desembargador.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA 1
Com o isolamento social, muitas vítimas da violência doméstica familiar precisam conviver mais tempo com o agressor. Por causa disso, a Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) registrou um aumento na incidência de violência contra mulher durante esse período. Segundo dados, durante os 31 dias do mês de março foram contabilizados 230 casos, contra 112 do mesmo período do ano passado.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA 2
Nas suas redes sociais, o deputado estadual Dr. Samuel Carvalho (Cidadania 23) fez um apelo para que população denuncie casos de agressão e violência doméstica. Segundo o deputado, é inaceitável que tantas mulheres sergipanas sejam vítimas de agressão e abusos. “Já passou da hora de combatermos a violência contra a mulher. É hora de você, vizinho, denunciar, é hora de estender a mão e ajudar essas mulheres que estão sofrendo ainda mais por conta do isolamento social”, conclamou.