13/09/2018 as 07:57

Política

Candidatos já arrecadaram R$ 5 milhões para a eleição

Apenas Emerson Ferreira e Mendonça Prado receberam doações de pessoas físicas.


Os nove candidatos que estão disputando o Governo de Sergipe já arrecadaram mais de R$ 5 milhões para a campanha eleitoral deste ano. Foram exatos R$ 5.125.451,00, repassados através das direções partidárias, principalmente. Até o momento, apenas dois postulantes ao cargo de governador receberam doações de pessoas físicas: Emerson Ferreira (Rede) e Mendonça Prado (DEM).


Os candidatos que arrecadaram mais verbas para gastar na campanha são exatamente aqueles que lideram as pesquisas: Belivaldo Chagas (PSD), Valadares Filho (PSB) e Eduardo Amorim (PSDB). Confira na tabela ao final do texto quanto cada um deles já possui disponível para os gastos eleitorais.


Todas as informações publicadas foram informadas pelos candidatos e estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Alguns números chamam a atenção. Por exemplo, quem mais recebeu doações de pessoas físicas foi o candidato da Rede Sustentabilidade, Emerson Ferreira.


Até o momento, foram arrecadados pouco mais de R$ 36 mil, através de 22 doadores. Ele também é o único que declarou ter recebido valores de financiamento coletivo.
Há ainda quem está na campanha com recursos próprios, como é o caso do candidato Milton Andrade (PMN). Ele declarou apenas R$ 50 mil, até o momento, fruto de uma autodoação.


Outro que também está sendo ajudado por amigos e parentes é o ex-deputado Mendonça Prado (DEM). Ele declarou três doadores e um total arrecadado de R$ 147 mil. Dois doadores possuem o mesmo sobrenome do ex-deputado.


O candidato Belivaldo Chagas (PSD) declarou ter recebido R$ 2,2 milhões, sendo que os R$ 200 mil foram frutos da doação do empresário Luciano Franco Barreto. Já os R$ 2 milhões são advindos do diretório estadual do partido.


Os únicos candidatos que ainda não declararam nenhuma fonte de recurso para a campanha foram João Tarantella (PSL) e Gilvani Santos (PSTU). Já os candidatos Eduardo Amorim (PSDB) e Márcio Souza (Psol) declararam apenas recebimentos dos diretórios estaduais dos seus respectivos partidos.


Amorim recebeu R$ 1,5 milhão e Márcio Souza pouco mais de R$ 14 mil.

Max Augusto/Equipe JC











Quer receber as melhores notícias no seu Whatsapp?

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.