31/10/2018 as 08:00

Em Brasília

Edvaldo quer liberação de recursos já destinados

O gestor municipal viajou a Brasília na tarde da última segunda-feira, 29.


Edvaldo quer liberação de recursos já destinadosFoto: Divulgação

“A eleição mal acabou e já estou em Brasília buscando os caminhos para liberação de recursos. Sou otimista e nunca venho para uma batalha achando que não vou conseguir a vitória. Eu vim trabalhar e tenho esperanças de que vamos sair daqui vitoriosos. Esse é o meu propósito”. A afirmação é do prefeito Edvaldo Nogueira, dada em entrevista à Rádio 103 FM, ontem.


O gestor municipal, que viajou a Brasília na tarde da última segunda-feira, 29, afirmou ao jornalista André Barros que sua ida à capital federal tem o objetivo de garantir a liberação dos recursos já destinados para Aracaju. “Ao todo, são quase R$ 300 milhões que estão assegurados, empenhados e com grande parte dos projetos licitados. Dentro desses recursos que temos garantidos estão os R$ 113 milhões para o Plano de Mobilidade Urbana, que engloba os semáforos inteligentes, novos abrigos de ônibus e o recapeamento asfáltico de quatro importantes corredores da nossa cidade”, detalhou.


Durante a entrevista, o prefeito apontou os investimentos que estão sendo feitos na capital e deu destaque às obras de infraestrutura, afirmando que “continua com o olhar voltado paras as regiões mais carentes da cidade”. “No 17 de Março, por exemplo, retomamos os serviços estruturantes da 2ª etapa e acredito que entre os meses de janeiro e fevereiro devemos inaugurar. Também estamos executando obras no Santa Maria, Japãozinho, Moema Mary e outras localidades. São obras que foram iniciadas na minha outra gestão, que deixei os recursos garantidos e, infelizmente, ficaram paralisadas”, explanou Edvaldo.


O prefeito aproveitou para anunciar a inauguração das obras de infraestrutura do Bairro Coqueiral, zona Norte, que ocorrerá na próxima segunda-feira, 5. “Vamos entregar as 27 ruas que faltavam na localidade. Um projeto que, assim como outros, foi iniciado na minha primeira gestão e que tive a felicidade de retomar e concluir.

Uma ação que mudou a realidade das pessoas que ali moram, e essa mudança na vida das pessoas tem sido uma prioridade na nossa gestão”, reforçou.

“Desci do palanque”
Perguntado sobre o resultado da eleição para presidente, Edvaldo reafirmou seu posicionamento republicano e assegurou que “já desceu do palanque”. “Bolsonaro foi eleito presidente do país e deve governar para todos. Ele ganhou a eleição democraticamente, como ganhamos em Sergipe, com Belivaldo Chagas. Assim como fiz quando me elegi prefeito, vou trabalhar, lutar e buscar audiências. Sou o prefeito de Aracaju e vou continuar trabalhando pelo bem da população aracajuana. Torço para que o Brasil dê certo, saia da crise, e no que depender da minha ajuda como prefeito de Aracaju essa situação vai mudar. Esse é o meu comportamento. Tenho esperança de que as relações se mantenham em um nível republicano e que os recursos serão colocados para todos”, disse o prefeito.


O gestor municipal falou ainda sobre a vitória de Belivaldo Chagas, eleito governador de Sergipe no pleito eleitoral. Para Edvaldo, o resultado positivo na capital sergipana expressa o reconhecimento do trabalho da gestão municipal. “Foi uma grande vitória. Estou muito feliz porque começamos com 9%, com muitas dificuldades, mas somamos esforços e conseguimos alavancar, saindo da disputa vitoriosos. Mostra que o povo aprovou nosso estilo de governar na Prefeitura e também a capacidade de Belivaldo, que mostrou um novo jeito de governar em cinco meses de governo. As pessoas acreditaram nele, perceberam que era preciso eleger um político experiente e que tivesse tranquilidade. Agora vamos fortalecer a nossa parceria e trabalhar pelo bem dos aracajuanos”, comemorou.