01/11/2018 as 08:23

Emenda

Belivaldo conquista R$ 69 mi para Educação

Desde a última terça, governador reeleito está em Brasília.


Belivaldo conquista R$ 69 mi para EducaçãoFoto: Arquivo

O governador Belivaldo Chagas viajou a Brasília (DF), onde participou, nesta terça-feira e quarta-feira, de reunião com a bancada federal de Sergipe para tratar das emendas orçamentárias que deverão ser liberadas em 2019. Ele conseguiu aprovar, junto aos parlamentares, uma emenda impositiva no valor de R$ 69 milhões para a Educação, que irá auxiliar o seu plano de governo que priorizará essa área.


Pela nova legislação orçamentária, existe a obrigatoriedade de ter pelo menos uma emenda para a Educação, uma para a Saúde e uma para a Segurança.


A proposta do Governo do Estado aprovada foi que dos R$ 169 milhões disponíveis para as emendas impositivas fosse direcionada uma emenda de R$ 69 milhões para infraestrutura em Educação. Reeleito para o cargo de governador do Estado, Belivaldo afirma que a prioridade de sua gestão será a Educação, por isso solicitou aos parlamentares essa emenda impositiva para o setor.


Os recursos, de acordo com o chefe do Executivo, deverão ser aplicados na infraestrutura das escolas. “Temos cerca de 350 unidades escolares e temos que garantir aos nossos alunos uma escola atrativa e isso passa pela infraestrutura que precisa ser adequada. Esses recursos servirão para reformar e ampliar a rede de escolas”, garantiu.


O governador lembrou que o governo está implantando 42 escolas de tempo integral, que é preciso equipar essas unidades com o que há de melhor para os alunos e agradeceu o empenho dos parlamentares que votaram a favor da emenda.


“Precisamos reforçar o ensino integral e por isso estamos aqui. Participamos ontem e hoje de reunião com a bancada para priorizar a educação, uma área tão importante para nosso Estado. Quero agradecer os parlamentares pelo empenho e pela presteza em abraçar essa causa, afinal de contas quando se investe em educação o Estado sai ganhando”, enfatizou.


Segundo informações do coordenador da bancada, deputado Jony Marcos, os parlamentares federais pactuaram que os demais R$ 100 milhões serão divididos em cinco emendas de R$ 20 milhões, sendo duas também obrigatórias, uma para a Saúde e outra para a Segurança Pública, uma para a Universidade Federal de Sergipe (UFS) aplicar no Campus do Sertão, uma para compra de equipamentos e uma para Aracaju. A emenda de Segurança será direcionada para recursos em viaturas das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e guardas municipais.