27/12/2018 as 08:24

foco/trabalho

“É hora de deixar os gestores trabalharem”, comentou o prefeito Edvaldo Nogueira

Prefeito de Aracaju critica quem quer discutir eleições de 2020 e 2022 agora


“É hora de deixar os gestores trabalharem”, comentou o prefeito Edvaldo NogueiraFoto: André Moreira/Equipe JC

O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) comentou que, mesmo com o fim da eleição, ainda há uma tentativa de continuar no palanque. “Nosso grupo político foi vitorioso e mostrou sua força. Belivaldo Chagas (PSD) nem começou o seu segundo mandato ainda e já querem discutir as eleições de 2020 e 2022. É hora de deixar os gestores trabalharem”, escreveu ontem, na rede social, em seu perfil pessoal.


Segundo Edvaldo Nogueira, agora não é o momento para discutir pleitos futuros. “Eu só penso em eleição no ano da eleição. Meu desejo é continuar trabalhando por Aracaju porque sei que já fizemos muito pela cidade e ainda temos muito mais a fazer. Sou do tipo de político que foca no trabalho e faz, não fica de falatório”, registrou.


Conforme o JORNAL DA CIDADE vem acompanhando, o deputado federal reeleito João Daniel, vice-presidente do diretório estadual do PT, já sinalizou que não autorizou Márcio Macedo, vice-presidente do diretório nacional do PT, a firmar acordos para pretensões do presente e nem futuras.


Com PT
A propósito, João Daniel contou para o JC, na última edição, que os petistas não estão autorizados a firmar alianças. Ontem, em uma entrevista para o programa de rádio “Jornal da Fan”, o dirigente do PT frisou que a continuidade com Edvaldo Nogueira só será discutida em 2020.


Sobre o episódio, referente ao encontro com Márcio Macedo, Edvaldo comentou que já era para ter acontecido. “Tivemos a oportunidade de conversar sobre a atual conjuntura política e o trabalho da Prefeitura de Aracaju. O PCdoB e o PT continuam tendo uma grande relação. Esse rompimento que inventaram foi falácia”, assegurou.


Novo governo
Ainda na sua conta, na rede social, Edvaldo pontuou desejar sorte ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). “Torço para que faça o melhor para o povo brasileiro. Desci do palanque e vou buscar de todas as maneiras recursos para Aracaju. Enquanto prefeito, vou buscar tudo que puder para melhorar a vida dos aracajuanos”, ponderou.

Por Mayusane Matsunae/Equipe JC