12/03/2019 as 09:04

Mudança

Mesmo sem fusão com a Rede, Emerson vai para o PPS

De acordo com o presidente do diretório estadual do Rede, Emerson Ferreira, a decisão de realizar a filiação ao PPS já foi tomada.


Mesmo sem fusão com a Rede, Emerson vai para o PPS

Após o partido Rede Sustentabilidade ter decidido no último sábado, dia 9, que não irá mais aderir ao PPS em todo país, em Sergipe, o cenário permanece como está. Ou seja, independentemente da decisão do diretório nacional, o presidente da sigla, Emerson Ferreira, assegurou que o grupo irá fazer a mudança partidária.

De acordo com o presidente do diretório estadual do Rede, Emerson Ferreira, a decisão de realizar a filiação ao PPS já foi tomada. Porém, o partido deverá continuar existindo, pois há muitos filiados nos municípios do Estado. “Sergipe tem muitos redistas, sendo possível e provável que parte desses continue. O processo de filiação no partido é individual e pelo site. Mas, o Tribunal Superior Eleitoral só filia duas vezes por ano: abril e outubro”, explicou.


Ainda segundo Emerson Ferreira, até o próximo mês, ninguém será filiado nem mesmo desfiliado. “Período em que as filiações serão simbólicas. Eu irei para o PPS”, frisou.


Contudo, para o presidente do diretório estadual do PPS, Clóvis Silveira, mesmo com a medida do partido Rede no âmbito nacional, o grupo irá sair da sigla. “A nossa decisão independe dessa decisão. Em política, nada é definitivo. Até porque temos um grupo para conversar, mas, a princípio, acho que esse é o nosso caminho”, contou.


Conforme o JORNAL DA CIDADE vem acompanhando, Clóvis Silveira já sinalizou o desejo pessoal para o PSC. Inclusive, já confirmado pelo líder da sigla no Estado – o ex-deputado federal André Moura.