09/05/2019 as 20:25

Temer faz exame de corpo de delito e passará a noite na sede da PF em SP

O ex-presidente Michel Temer se entregou à Polícia Federal para cumprir prisão após a revogação do habeas corpus que o mantinha em liberdade


Temer faz exame de corpo de delito e passará a noite na sede da PF em SPREUTERS/Amanda Perobelli


Na tarde desta quinta-feira, 9, o ex-presidente Michel Temer se entregou à Polícia Federal para cumprir prisão após a revogação do habeas corpus que o mantinha em liberdade.

Temer é acusado de ter recebido propina nas obras da usina nuclear de Angra 3, operada pela Eletronuclear. O montante ultrapassa o valor de R$ 1 milhão. Para o Ministério Público Federal do Rio de Janeiro, a soma dos valores de propinas recebidas ultrapassa R$ 1,8 bilhão.

O ex-presidente já havia sido preso no dia 21 de março e liberado no dia 25 do mesmo mês por força de um habeas corpus. Pesam as acusações de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Também se entregou o coronel aposentado João Batista Lima Filho, que foi encaminhado a um presídio militar.

No início da noite, ambos estiveram no Instituto Médico Legal e realizaram exame de corpo de delito. Michel Temer ficará preso na Superintendência da Polícia Federal na capital paulista.

A defesa de Temer pediu a liberdade dele ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) sob a alegação de que não há motivo para mantê-lo preso, uma vez que os fatos apurados ocorreram há muito tempo. O STJ ainda não analisou o pedido.

*Com informações da Agência Brasil