22/05/2019 as 08:53

Exoneração de servidores

Eliane diz que montou uma equipe de técnicos na PMA

Vice-governadora emitiu nota sobre suposta demissão de comissionados


Eliane diz que montou uma equipe de técnicos na PMAFoto: César de Oliveira

Após ter circulado nas redes sociais a informação de que pessoas ligadas a Eliane Aquino (PT) seriam exoneradas da Prefeitura de Aracaju, a vice-governadora de Sergipe decidiu esclarecer alguns pontos referentes ao tema. Utilizando o perfil pessoal no Twitter, ela reforçou: “Se Edvaldo Nogueira (PCdoB) considera que não são úteis ou não servem mais como colaboradores, repito: essa decisão é dele, pessoal e intransferível”.


Desde o último final de semana, viralizou nas redes sociais, principalmente no aplicativo WhatsApp, uma montagem contendo a informação de que o prefeito Edvaldo Nogueira iria exonerar servidores levados por Eliane Aquino durante sua passagem na Secretaria Municipal de Assistência Social.


“Estive vice-prefeita de Aracaju como consequência de um processo eleitoral no qual os aracajuanos escolheram a chapa representada por Edvaldo Nogueira e por mim para administrar a cidade até dezembro de 2020. Na prefeitura, assumi o papel de secretária de Assistência Social e busquei desenvolver um trabalho pautado nos compromissos que assumimos com os cidadãos durante a campanha eleitoral”, escreveu.


Além disso, Eliane contou que montou uma equipe multidisciplinar formada por técnicos, gestores, servidores estatutários e profissionais das mais variadas áreas. “O critério de montagem dessa equipe foi a capacidade de trabalho e o compromisso com projetos e causas sociais com as quais nos comprometemos desde a formatação do programa de governo”, pontuou.


Todavia, acrescenta Eliane, por força da legislação eleitoral, em março de 2018 foi feita a desincompatibilização do cargo. “Deixei a secretaria, ficando a continuidade do trabalho a cargo dessa equipe, forjada no cotidiano e no trabalho pela inclusão social em Aracaju. Segui com meus compromissos como vice-prefeita, participei de um processo eleitoral e sempre vi com bons olhos a continuidade do trabalho que iniciamos. Dedicação e compromisso com a população, esse que precisaria ser o foco de qualquer gestão, de qualquer partido que de fato tenha o povo como centro de suas ações”, registrou.

Em 2019
Já este ano, assumiu o cargo de vice-governadora de Sergipe. “E trabalho com os mesmos princípios de sempre. Por isso, estranho a forma como estão tratando a demissão de profissionais que atuam na secretaria. É preciso chamar o feito à ordem: eu montei uma equipe de trabalho sem distinguir nem demarcar como ‘pessoas de Eliane’. São técnicos e profissionais que dedicam seu trabalho em prol da cidade”, defendeu.


Por fim, Eliane assegurou o direito de Edvaldo Nogueira nomear ou demitir. “Quaisquer colaboradores, e isso é da responsabilidade dele. Eu respeito as pessoas e o que elas produzem, independentemente dos partidos que representam. Eu não transformei a Secretaria de Assistência num ambiente para que as pessoas trabalhassem para mim ou para o meu partido, este não é meu estilo nem nunca será. Todos estavam trabalhando pela cidade.


Se Edvaldo hoje considera que não são úteis ou não servem mais como colaboradores, repito: essa decisão é dele, pessoal e intransferível”, reforçou.