30/05/2019 as 07:56

TURISMO

Elber avalia que há falta de investimentos

O parlamentar afirmou que o turismo em Sergipe vive uma das suas piores crises.


Elber avalia que há falta de investimentosFoto: Gilton Rosas

Ontem, o vereador Elber Batalha (PSB) utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para criticar a total falta de investimento do Governo de Sergipe no setor turístico do Estado. O parlamentar afirmou que o turismo em Sergipe vive uma das suas piores crises.


Elber, que já foi secretário de Estado do Turismo (2011 – 2013), explicou que, à época, com recursos oriundos de emendas do ex-senador Valadares e do ex-deputado federal Valadares Filho, conseguiram verba para a reforma e ampliar do Centro de Convenções de Sergipe, o que geraria emprego e renda para o Estado. “Até hoje não terminaram a obra do CIC, uma obra que não tem fim. Uma obra que foi orçada em R$ 20 milhões e não consegue sair da paralisia total. Uma quantidade absurda de empregos está deixando de ser gerada com isso. Eventos, congressos e recursos não chegam a Sergipe porque o Estado não possui um centro de convenções”, lamentou.


Além do turismo de eventos, o vereador Elber lembrou também que o turismo de lazer está definhando em Sergipe pela falta de investimento, que há mais de três anos não recebe nenhum recurso para divulgação do roteiro fora do Estado. “Como é que alguém que não é visto é lembrado? Se Sergipe não está nas propagandas de TV e rádio, nas revistas especializadas, na vitrine das grandes operadoras e agências de turismo, como é que virá turista para Sergipe. Não se faz turismo sem publicidade”, explicou.


“Não existe desenvolvimento e recuperação de crise sem o olhar voltado para o turismo. O maior exemplo que temos nos dias de hoje chama-se Portugal, que viveu uma crise terrível e enxergou no turismo e desenvolvimento econômico uma saída para essa situação e hoje o país é um chamariz de brasileiros pelo desenvolvimento. Outro exemplo é João Pessoa. Na minha época como secretário de Turismo essa cidade estava atrás de Sergipe neste setor, nós tínhamos mais fluxo turístico e voos que João Pessoa. Até os voos para lá foram conseguidos com a nossa interveniência. Hoje, o boom que o turismo deu em João Pessoa é fantástico”, exemplificou.


O vereador voltou a cobrar incentivos e planejamento do governo para que o turismo em Sergipe saia dessa crise generalizada. “O governo não faz nada. A Setur só serve para barganha política, com um secretário que não tem compromisso com a pasta, falta reunião de planejamento do governo e não sabe o que está fazendo ali. O governo não investe nem um centavo de publicidade em turismo. O que temos hoje em divulgação é apenas recursos privados do trade turístico de Sergipe. É algo que beira o absurdo. Estamos falando de vidas e pessoas desempregadas que dependem direta e indiretamente do turismo. Isso tudo é uma irresponsabilidade com a vida financeira das pessoas e do Estado”.