30/05/2019 as 07:59

G4

Deputados da oposição cobram diálogo com o governador

Rodrigo Valadares fez comparação da situação de Sergipe com o Espírito Santo.


Deputados da oposição cobram diálogo com o governadorFoto: Jadilson Simões

Os deputados estaduais Kitty Lima (Cidadania), Georgeo Passos (Cidadania), Dr. Samuel Carvalho (Cidadania) e Rodrigo Valadares (PTB) – conhecidos como G4 – afirmaram que o governador Belivaldo Chagas (PSD) se recusa a anteder os parlamentares da oposição para estabelecer um diálogo. “Baixe a bola e venha se somar para melhorar a vida do nosso Estado”, comentaram.


Ontem, durante a explanação de Rodrigo Valadares (PTB) na Tribuna da Assembleia Legislativa sobre a administração pública comparando Sergipe com o Espírito Santo, os deputados da oposição começaram a debater o cenário do governo estadual, principalmente relembrando o episódio do início do semestre quando Belivaldo Chagas apresentou dados financeiros na Casa.


De acordo com Georgeo Passos, líder da oposição e também do G4, o trabalho dos deputados é, além de fiscalizar e denunciar, ajudar o governador. “Quando fizemos o convite a ele vir para a Casa, nosso intuito era esse: contribuir para o Estado. Mas ele não teve interesse de vir e a sua bancada rejeitou a matéria. Temos que respeitar os colegas que votaram pela rejeição, a gente não concorda”, expôs.


Georgeo reforçou que a Assembleia contribui para o desenvolvimento de Sergipe. “E o governador Belivaldo tenha a humildade, baixe a boa e venha se somar a essa Casa e a outras pessoas para melhorar a vida do nosso Estado”, disse.

Cobra atendimento
Além de Georgeo, a deputada Kitty Lima explicou o papel da oposição na legislatura e destacou a importância do debate. “É tirar o Estado da crise, que está ou não, mas está passando essa imagem. A gente precisa entender, enquanto não tiver um diálogo, uma exposição para fazer um debate real, a gente não vai sair do lugar. Porque o que aconteceu nessa Casa foi vergonhoso”, relembrou.


Ainda no debate, Rodrigo Valadares afirmou que o governador já sinalizou não querer atender o grupo. “E eu acho um absurdo, pois a gente tem muito o que contribuir. Todos nós do G4 temos muito a contribuir e o governador se recusa a nos receber. Ele disse uma vez falando com uma pessoa que não iria receber a Kitty Lima ‘never’. Ainda falou em inglês”, registrou.


Segundo Valadares, o governador fica só no escritório. “Escondido do povo, tomando café quente e água gelada. Enquanto a gente está todo dia na rua com a população buscando resolver os problemas. Ele se esconde lá no palácio com meia dúzia de puxa sacos e nem atende os deputados para saber das reivindicações do povo. É muito triste”, criticou.


Por fim, o deputado reforçou o convite a Belivaldo de comparecer à Assembleia. “Parece que vai tocando o dia a dia como dá. Parece uma bodega. Então, governador, tenha humildade e venha para essa Casa dialogar com os deputados que estão, somente, querendo contribuir e ajudar”, concluiu.


Vale registrar que, durante todo o debate na Assembleia Legislativa, a bancada da situação não fez nenhuma intervenção para explicar ou justificar alguma medida do governador Belivaldo Chagas.