12/07/2019 as 08:20

Lei sancionada

Literatura de Cordel é declarada Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial de Aracaju

O projeto é de autoria do ex-vereador e atual deputado estadual, Iran Barbosa.


Literatura de Cordel é declarada Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial de AracajuFoto: Ana Lícia Menezes/PMA

A partir de agora, a Literatura de Cordel se torna Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial de Aracaju. A sanção da lei ocorreu na tarde desta quinta-feira, 11, pelo prefeito Edvaldo Nogueira. O projeto é de autoria do ex-vereador e atual deputado estadual, Iran Barbosa. 

"O cordel está na base cultural do Nordeste. Embora de origem portuguesa, avançou e cresceu muito no Brasil, sobretudo no Nordeste. Sua raiz está em Pernambuco e Alagoas, mas se difundiu por toda região, inclusive em Sergipe. Em Aracaju há uma produção muito interessante”, destacou Edvaldo.

Para o gestor municipal, “o cordel tem uma linguagem diferenciada, que encanta”.  “São casos interessantes, relatos de vida, além de também contar a história do país. Há ainda a vertente musical, que é o repente, muito presente na boa música nordestina. Então, me sinto muito feliz em poder sancionar esta lei", salientou.

Acompanharam a sanção da lei os secretários Jorge Araújo Filho e Nildomar Freire.











Quer receber as melhores notícias no seu Whatsapp?

Cadastre seu número agora mesmo!

Houve um erro ao enviar. Tente novamente mais tarde.
Seu número foi cadastrado com sucesso! Em breve você receberá nossas notícias.