01/10/2019 as 08:06

ALESSANDRO VIEIRA

Investigações à corrupção estão caindo em Sergipe

Afirmação é do senador Alessandro Vieira, na Câmara de Aracaju

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Durante audiência pública na Câmara de Aracaju sobre a Operação Lava Jato, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) opinou que o ritmo das investigações referentes à corrupção no Estado vem diminuindo. “É urgente que resgate isso porque Sergipe merece ter uma política e uma administração limpa”, comentou.

De acordo com o senador Alessandro Vieira, as operações deste porte desempenham papel importante na sociedade. “Não só da Lava Jato propriamente dita. Mas as operações de combate que há no Brasil precisam ser intensificadas. Sergipe, especialmente, vem há algum tempo reduzindo o ritmo dessas operações. E é urgente que resgate”, disse.

Para Alessandro Vieira, a interferência política pode estar sendo um dos motivos. “Retarda muito os trabalhos e dificulta a qualidade desses trabalhos também”, acrescentou.

Assim como o senador, a vereadora Emília Corrêa (Patriota) lamenta a interferência política que ocorre em operações, como a Lava Jato. “Tudo no Brasil e em Sergipe, lamentavelmente, tem uma interferência pesada da política. Infelizmente, não é da política da essência é da politicagem, o que faz com que as coisas fiquem fortalecendo o jargão do ‘crime compensa’, mas não compensa”, concluiu.

Na audiência pública, também estavam presentes os ex-candidatos ao Governo de Sergipe Milton Andrade (PMN) e Emerson Ferreira (Cidadania), a deputada estadual Kitty Lima (Cidadania), vereadores Cabo Amintas (PTB) e Américo de Deus (Cidadania), advogados, empresários e sociedade civil.

 

 

 

| Reportagem: Mayusane Matsunae

|| Foto: Pedro França