05/05/2020 as 09:54

INVESTIGAÇÃO

Polícia Federal apura crime de difamação contra Senador

As investigações tiveram início com a notícia do ocorrido à Polícia Federal, tendo o Senador informado nunca ter concedido tal entrevista e que o seu conteúdo era falso

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta terça-feira, 5, mandado de busca e apreensão expedido pelo juízo da 1ª Vara Federal de Sergipe com o objetivo de reunir provas em inquérito policial que investiga a divulgação de notícia falsa na internet e em redes sociais, com imputações ofensivas ao Senador por Sergipe Alessandro Vieira, relacionadas à sua atuação no Congresso Nacional.

Entenda o caso

Em junho de 2019, foi publicada uma suposta entrevista do parlamentar no site fraudulento “www.portal79.news”, produzido com o uso da logomarca e conteúdo de um outro portal jornalístico de Sergipe, esse verdadeiro, com o objetivo de dar veracidade à matéria que, em seguida, passou a circular em grupos de aplicativo de mensagens.

As investigações tiveram início com a notícia do ocorrido à Polícia Federal, tendo o Senador informado nunca ter concedido tal entrevista e que o seu conteúdo era falso. O aprofundamento das investigações revelou indícios de que a notícia falsa fora divulgada por um Deputado Estadual de Sergipe.

O mandado de busca e apreensão foi cumprido na residência do investigado, nesta capital, o qual pode responder pela prática do crime de difamação, previsto no art. 139, c/c art. 141, incisos II e III, do Código Penal.

Foram recolhidos um notebook, dois celulares e um HD externo.

|Com informações da Polícia Federal