19/05/2020 as 08:20

PANDEMIA

Municípios maiores estão com baixo índice de isolamento social

Adesão em Itabaiana é de apenas 38%. Em Lagarto, percentual é de 45%

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Os municípios grandes e com relevância econômica para o Estado estão com o pior índice de adesão da população com relação ao isolamento social para combater o coronavírus, conforme revelou a pesquisa divulgada pela Secretaria Estadual da Saúde (SES). Itabaiana, por exemplo, está em segundo lugar no ranking, com 38%. Lagarto aponta 45% – inclusive, a gestão afirma ser contra aos dados informados pelo órgão.

No último domingo, dia 17, a SES revelou, por meio do Boletim Epidemiológico de casos confirmados, como vem sendo o cumprimento do isolamento social nos municípios sergipanos. Em primeiro lugar, com 35%, está Telha, seguido de Itabaiana com 38% e com 39% vem Macambira, no terceiro patamar – todos eles considerados como “muito baixo”. Vale lembrar que o ideal é atingir a meta de 70%.

De acordo com o prefeito Valmir de Francisquinho (PR), até o fechamento desta matéria não há planejamento para adotar nova medida restritiva para o Município de Itabaiana. Dessa maneira, segue realizando as ações necessárias e orientadas pelos órgãos da Saúde. Segundo Valmir de Francisquinho, a administração municipal vem cumprindo todas as determinações contidas no decreto estadual à risca. Sobre isso, o prefeito destacou que as medidas estão sendo “convergentes com o Estado”. Por essa razão, prefere aguardar os próximos passos do governador Belivaldo Chagas (PSD), com relação às novas modificações, para poder continuar aplicando em Itabaiana. Contra Assim como Itabaiana, Lagarto também está com índice “muito baixo”, atingindo 45% – sendo o sexto pior do Estado.

A equipe de reportagem do JORNAL DA CIDADE não conversou com a prefeita Hilda Ribeiro (SD), mas o secretário de Comunicação do município, Rômulo Daltro, afirmou que a administração questiona os dados revelados pelo Governo Estadual acrescentando ser contra a informação.

Para o JC, Rômulo Daltro relatou que Lagarto vem atuando para prevenção do coronavírus e adotando ações, mas que até o momento não existe nenhum planejamento para novas medidas. No município, o secretário relatou que há cerca de dez dias todo o Centro está fechado e interditado o tráfego de veículos e motocicletas. “A cidade está com 95% do comércio fechado, apenas os estabelecimentos com serviços essenciais e temos a marcação nas calçadas e ruas para que se mantenha o afastamento das pessoas”, acrescentou.

Além disso, o secretário frisou que a cidade está com equipes das secretarias da Assistência Social, Educação e Saúde nos locais com grandes aglomerações de pessoas para dar orientações. “Eu queria saber do Governo do Estado de onde tirou esse índice? Qual a forma que ele utiliza para buscar? De que maneira buscou um índice desse? Porque nós somos completamente contra esse índice apresentado. Não existe nenhum planejamento para novas medidas, até porque nós, dentro desse quadro apresentado pelo governo, volto a dizer, nós não aceitamos. De onde tirou?”, questiona.

|Por Mayusane Matsunae

||Foto: Divulgação