30/04/2018 as 07:15

Campanha Contra Influenza

Saúde aplica mais de 13 mil vacinas nos primeiros três dias

Do público-alvo, foram imunizados 1.166 trabalhadores de Saúde; 2.673 crianças; 719 gestantes; 130 puérperas; 8.802 idosos; 337 professores; e 25 Funcionários Sistema Prisional.


Saúde aplica mais de 13 mil vacinas nos primeiros três diasFoto: Ascom/SMS

Nos três primeiros dias da Campanha de Vacinação Contra a Influenza em Aracaju, iniciada no último dia 23, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) imunizou 13.852 usuários que fazem parte do grupo prioritário determinado pelo Ministério da Saúde.

 

Do público-alvo, foram imunizados 1.166 trabalhadores de Saúde; 2.673 crianças; 719 gestantes; 130 puérperas; 8.802 idosos; 337 professores; e 25 Funcionários Sistema Prisional. Já no consultório itinerante, que atuou na Praça Zilda Arns até esta sexta-feira, 27, foram atendidos 1175 idosos nos cinco dias de funcionamento.

 

Na semana que vem, a unidade itinerante atuará no alto da colina do Santo Antônio, em frente à igreja católica local. “Na segunda, 30, o veículo estará na sede da própria SMS para imunizar os servidores da Saúde que ainda não estão protegidos. Somente após o feriado, a partir de quarta, 2, é que começaremos a atuar no Santo Antônio, e a atividade vai até a sexta”, explicou a diretora de Vigilância em Saúde, Taise Cavalcante.

 

De acordo com a técnica de Imunização da SMS, Ilziney Simões, o cronograma de atividades seguirá o mesmo esquema de aplicação das vacinas até o final da campanha. “Todas as unidades básicas continuarão a aplicar as doses, de segunda à sexta, de 7h às 16h30. E é importante destacar que a sala de vacina é porta aberta, ou seja, não há restrições de regiões de acordo com o endereço. Os usuários podem ser vacinados em qualquer unidade”, reforçou.

 

Para receber a dose da vacina, é importante levar:

 

- Cartão de vacinação;

- Documento de identificação;

- Pessoas com doenças crônicas ou com outras condições clínicas especiais: Apresentar também prescrição médica especificando o motivo da indicação;

- Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a dose, sem necessidade de prescrição médica;

- Professores: contracheque ou crachá.

 

Por AAN