14/05/2018 as 13:30

Saúde

Bebê de cinco meses morre vítima de H1N1, afirma núcleo da Vigilância Sanitária

Ele estava internado no Huse. Esta é a primeira morte por H1N1 registrada em Sergipe.


A primeira morte por H1N1 em Sergipe é a de um bebê de apenas cinco meses. A informação foi confirmada pelo Núcleo de Doenças Transmissíveis, vinculado à Diretoria Estadual de Vigilância Sanitária (Divisa) da Secretária de Estado da Saúde (SES). Ele estava internado no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) e morreu no último sábado (12).


De acordo com a coordenadora do Núcleo de Doenças Transmissíveis, Mércia Feitosa, a gripe pode ter afetado o quadro de saúde do bebê. O Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen) recebeu o material da criança no dia 5 de maio e, no dia 07 de maio, após análise, confirmou o diagnóstico do vírus Influenza tipo ‘A’, o H1N1.


Até esta segunda, o Lacen informou que foram realizadas 224 análises de amostras. Deste total, 32 apresentaram resultados positivos para H1N1, dois para H3N2, quatro para Influenza ‘A’ não subtipado e um para Influenza ‘B’. O laboratório ainda tem 12 amostras para finalizar a análise e confirmar o resultado.