01/08/2018 as 16:01

Saúde

Projeto destina valores apreendidos do tráfico para a recuperação de dependentes químicos

Para o autor do projeto esses recursos podem ajudar a amenizar o problema da falta de leitos para a recuperação de dependentes químicos.


Projeto destina valores apreendidos do tráfico para a recuperação de dependentes químicosFoto: Divulgação

Tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) um projeto que garante recursos para o tratamento e a recuperação de dependentes químicos.

 

O texto determina que os valores apreendidos em razão do tráfico de drogas serão revertidos preferencialmente para esse fim. O PLC 47/2018 aguarda a designação de um relator.

 

Atualmente, a Lei dos Tóxicos estabelece que os valores apreendidos pela justiça serão destinados ao Fundo Nacional Antidrogas (Funad), mas não determina as ações preferenciais.

 

Os recursos do Funad podem ser destinados ao desenvolvimento, implementação e execução de ações, programas e atividades de repressão, prevenção, tratamento, recuperação e reinserção social de dependentes de substâncias psicoativas.

 

Para o autor do projeto, deputado Marcos Montes (PSD-MG), esses recursos podem ajudar a amenizar o problema da falta de leitos para a recuperação de dependentes químicos.

 

“Atualmente o país passa por muita dificuldade no que diz respeito às clínicas e leitos para dependentes de substâncias entorpecentes e, principalmente, daquela conhecida como crack”, disse o deputado ao apresentar o projeto. Na visão do autor, é urgente a criação de uma fonte de recursos que financie o tratamento dessas pessoas.

 

Depois de analisado pela CCJ, o texto ainda terá de ser votado em plenário. Se for aprovado como está, seguirá para a sanção presidencial. Se for modificado, terá de voltar à Câmara dos Deputados.

 

Agência Senado