07/08/2018 as 09:06

Aracaju

Médicos fazem ato em frente à câmara de Vereadores

A categoria pede reajuste salarial, a criação de uma tabela única dos médicos e também esclarecimentos quanto à contratação de pessoas jurídicas para a prestação de serviços nas unidades de saúde.


Na manhã desta terça-feira (7)  médicos de Aracaju realizam um ato em frente à Câmara Municipal de Vereadores. Eles estão há 18 dias em greve e reclamam da falta de negociação por parte da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) e da contratação dos profissionais por pessoa jurídica para a prestação de serviços. Nesta segunda-feira (6) o desembargador Diógenes Barreto estabeleceu um prazo de 48h para que a Prefeitura de Aracaju (PMA) se manifeste quanto ao pedido do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) para a realização de uma audiência de conciliação.

                                               

Os médicos que atuam no Município de Aracaju estão em greve desde o dia 20 de julho. A categoria pede reajuste salarial, a criação de uma tabela única dos médicos e também esclarecimentos quanto à contratação de pessoas jurídicas para a prestação de serviços nas unidades de saúde.

O Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) informou que estão buscando mostrar aos vereadores do município suas reivindicações e também que sempre buscou diálogo com a PMA.

Uma assembleia será realizada na quinta-feira, 9, a partir das 8h, na sede do Sindimed.