03/09/2018 as 15:52

Saúde

Huse avança na oferta de radioterapia e reduz fila de espera

Diariamente, são realizadas no Huse 60 sessões de radioterapia por aparelho.


Huse avança na oferta de radioterapia e reduz fila de esperaFoto: André Moreira/Arquivo JC

Em janeiro, a fila de espera pelo tratamento de radioterapia no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) somava 320 pacientes. Com o esforço da gestão, o fluxo foi otimizado e esse número reduziu significativamente passando para 117. Diariamente, são realizadas no Huse 60 sessões de radioterapia por aparelho.

A redução para quase um terço do total de pessoas que aguardava pelas sessões se deve, também, à implantação da segunda unidade de radioterapia, viabilizada pela aquisição de um novo acelerador linear, que entrou em operação em março deste ano. A expectativa é de que essa redução se acentue ainda mais com a evolução do atendimento.

A boa perspectiva se baseia nos números atuais e na projeção de atendimento para o ano de 2018, que vislumbra um desempenho dobrado em relação a 2017. No ano passado, de janeiro a dezembro, o Huse realizou 475 atendimentos, e somente até agosto deste ano já foram feitos 419, e destes, 386 já concluíram o tratamento em radioterapia.

A coordenadora do Centro de Oncologia do hospital, enfermeira Meirejane Sousa de Oliveira Feitosa, conta que a segunda unidade de radioterapia começou a funcionar em março deste ano. “Nós estávamos sofrendo com um aparelho só de radioterapia porque não dávamos vazamento à fila de espera, que era grande. Com a chegada do novo acelerador linear aqui no Huse, nós tivemos um avanço conforme comprovam os números. Em oito meses, estamos registrando quase o mesmo número de atendimento de todo o ano passado”, salientou.

Atualmente, o Centro de Oncologia atende 95 pacientes em radioterapia. A coordenadora compreende que a fila de espera ainda é significativa, mas acredita que com a evolução cada vez mais acentuada da oferta do serviço, a tendência será que diminua bastante. Segundo ela, a radioterapia é um tipo de tratamento, definido pelo médico do paciente. O centro oferece linhas de tratamento para o câncer que são: cirurgia, quimioterapia e radioterapia.

“O paciente que é diagnosticado com câncer ele ou vai fazer cirurgia, ou quimioterapia ou radioterapia, ou ainda os três, dependendo do tipo e do estágio da doença”, explicou Meirejane Feitosa.