02/10/2018 as 08:05

Câncer de mama

Saúde inicia Outubro Rosa intensificando ações de prevenção

Nesta terça-feira, 2, acontece uma discussão intersetorial sobre a gravidez na adolescência, com várias áreas técnicas e com o Programa Saúde na Escola.


Saúde inicia Outubro Rosa intensificando ações de prevençãoFoto: Ascom/SES

Dando início às ações do Outubro Rosa, mês dedicado ao fortalecimento das ações relacionadas à prevenção do câncer de mama, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) já preparou uma série de atividades voltadas ao público feminino durante todo o mês.

Diversas ações já acontecem ao longo do ano na Rede de Atenção Básica, mas neste mês estão sendo intensificadas devido à campanha nacional. A programação consiste em atividades nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), de prevenção e promoção à saúde da mulher, focando os atendimentos a esse público e destacando a importância do autoexame.

“Esse mês é uma grande oportunidade de mostrar às mulheres e à sociedade a importância da prevenção e do diagnóstico do câncer de mama. Infelizmente, muitas mulheres só buscam se cuidar durante esse mês, mas esse cuidado precisa ser contínuo já que o câncer de mama e outras doenças não têm um mês específico para aparecer”, destaca a referência técnica materno infantil, Priscila Batista.

Programação

Nesta terça-feira, 2, acontece uma discussão intersetorial sobre a gravidez na adolescência, com várias áreas técnicas e com o Programa Saúde na Escola. Durante essa semana, até a próxima sexta-feira, 5, acontecem ações educativas no bairro 17 de Março, além de consultas e exames ginecológicos. A atividade acontecerá de segunda a sexta, no Centro de Artes e esportes Unificados (CEU), das 8h às 12h.

Já no próximo dia 5, será realizada uma visita com gestantes e trabalhadores da rede básica, à Maternidade Santa Isabel. O objetivo é estimular as boas práticas obstétricas, a qualificação e organização do trabalho de parto.

Além disso, até o dia 22 deste mês, o programa IST realizará ações voltadas às mulheres contra a sífilis na sede da SMS. A doença, que é considerada uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) é causada pela bactéria Trepona pallidium e pode ser transmitida através de relação sexual sem proteção ou da mãe para o bebê durante a gestação.

Outubro Rosa e Prevenção

Conhecido como Outubro Rosa, nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de promover a conscientização sobre a doença e compartilhar informações sobre o câncer de mama.

No Brasil, o de mama é o tipo de câncer mais frequente entre as mulheres. Nesta doença, as células da mama se desenvolvem de forma anormal, se multiplicando rapidamente. O câncer de mama se manifesta com a detecção de um caroço, que pode vir acompanhado ou não de dor. Em alguns casos, pode haver alteração na pele da mama, com aparência de casca de laranja e também podem aparecer caroços na região das axilas.

A doença é relativamente rara antes dos 35 anos, porém em mulheres com idade abaixo dos 40 anos a incidência vem crescendo bastante. “É importante que todas as mulheres, com menos e mais de 40 anos, sempre examinem as mamas, com o autoexame, após a menstruação, e procurem a UBS para realização do exame clínico. Já as mulheres acima de 50 anos devem realizar mamografia anual ou conforme orientações médicas”, complementa Priscila Batista.

Para prevenir, é importante realizar exames frequentes, como o do toque e a mamografia, é necessária para identificação do câncer de mama. O autoexame, que pode ser facilmente realizado, ainda é uma das formas mais eficazes no combate à doença. Em UBSs são realizados exames clínicos, tanto da mama, como do cólon do útero, e também têm sido promovidas atividades educativas, como palestras, seminários e oficinas sobre o tema.

AAN