15/10/2018 as 09:45

Boa conversa

Bate Bola com Eliana Porto

Eliane de Oliveira Porto nasceu em Aracaju, esbanja alegria de viver e boas energias.


A nossa convidada de hoje é uma amiga-irmã muito querida e de coração perfumado. Eliane de Oliveira Porto nasceu em Aracaju, esbanja alegria de viver e boas energias. Trabalhou na Prefeitura de Aracaju na gestão de Heráclito Rollemberg, onde foi assessora do então secretário Geral Carlos Cruz. Fundou com Ivan Fonseca o Chez Ivan, trabalhou no Instituto de Identificação, na Hidrocar e hoje está aposentada.


                                                              

É mãe super realizada das filhas Natasha - psicóloga que gerencia o Chez Ivan ao lado do pai, Ivan Fonseca, e de Duschka - enfermeira no Hospital Sarah Kubitschek, em Brasília, e vovó mais que feliz de Chiara e Beatrice. Ama animais e é a “mamãe humana” dos gatinhos Jasmim e Francisco. Lilia, como a chamo carinhosamente, é uma mulher sensível, de personalidade forte, capricorniana nata, e solidária. Seu hobby é dançar! E tem um sonho, dançar ao som de um fado em Portugal. Vamos conhecer um pouco mais dessa loira de gestos acolhedores e generosos.

Nome: Eliane Porto
Apelido: Lilia
Onde nasceu? Aracaju
Status de relacionamento: Livre, leve, solta e feliz
No zodíaco é... Capricórnio
Religião? Deus
O melhor de você? Acolhimento
E o pior? Impaciência
Na pele de quem gostaria de passar um dia? Na pele da Rainha Elizabeth
Bem mais precioso? Família
Um sonho realizado? Ter tido minhas filhas
Inspiração... Meus pais, Newton e Jurandy Porto
O que te faz feliz num dia de sol? Estar ao lado de amigos e família, não importa onde.
E na chuva? Quietinha em casa lendo ou vendo TV ou...
O melhor show da vida? Elis Regina e João Ventura ao lado de Toquinho
E qual não veria de novo? Gal Costa
Se a sua vida fosse uma novela? Seria um grande enredo cheio de amor, boas risadas, doação, quedas e vitórias, com certeza!
Ator que admira? Humphrey Bougart
Atriz que venera? Marília Pera
Cinema ou Netflix? Cinema
A rede social que mais respeita? Instagram e Facebook
Snap ou Stories? Stories
O que a anima... Verdade
O que a desanima... Falsidade
É fácil dizer não? Pra mim, falar não é ser verdadeira
Um hobby? Jogar buraco
Uma preguiça? Academia
Livro de cabeceira? Qualquer um do meu poetinha Mário Quintana
Por do sol ou nascer da lua? Cada um com sua magia
Rio ou mar? Mar pra reenergizar
O que mais gosta de comprar: Sapato
O que admira no outro? Lealdade
Muitos ou poucos amigos? Poucos e fiéis
Mais vale um ‘like’ ou um ‘follow’? Like
Na vida daria um ‘unfollow’ em? Nos invejosos e do mal!
Vinho ou champs? Nenhum, não bebo
Um sabor de infância? Comendo jaboticaba no pé
Na cozinha, minha especialidade é... Tchan tchan... nenhuma, cozinha zero!
Doce ou salgado? Os dois
Uma comida de mãe? No caso minha avó: cozido, delícia!
Verdade: É sentir-se acolhida, amada e com a certeza de sentir-se seguro.
Mentira: Algo detestável, simples assim!
Maior medo? Que algo ruim aconteça aos meus!
Seu sonho mais louco... De sair por aí, sem lenço nem documento...
Pesadelo? Dependência física
Momento marcante na vida? O nascimento das minhas filhas e quando, com Ivan Fonseca, fundamos o Chez Ivan que, depois de 35 anos, continua cuidando da beleza da sociedade sergipana, hoje dirigido por minha filha Natasha Porto.
Uma canção para chamar de sua? O Mundo é um Moinho do grande Cartola
Pratica esporte? Amo dançar! Quando estou dançando me sinto voando entre as notas da música, feliz e livre!
Viagem dos sonhos? Dançar um Fado em Portugal
Sozinho ou acompanhado? Os dois, momentos de solidão refresca a alma e a cabeça.
Conversa ou silêncio? Conversar é sempre bom, mas o silêncio, às vezes, conforta e nos fortalece.
Festa boa precisa ter... Amigos, boa conversa e, claro, boa música para ouvir e dançar!
Uma ligação ou mensagem via WhatsApp? Ligação
O que deseja para humanidade? Mais solidariedade, imaginar a dor do outro doendo na gente e tentar fazer algo.
Qual a sua ocupação favorita? Curtir minhas filhas e netas, familiares e amigos. Isso renova minha energia e reinventa a vida.
Maior desafio? Manter o equilíbrio, valores e a paz espiritual diante de um mundo tão conturbado, onde os valores e o respeito ao próximo estão nublados...
Uma palavra? Solidariedade
Um dia perfeito... Tem de ter família, amigos, astral e harmonia
Amar é... Não ter vergonha de falar o que pensa e de voltar atrás!
Maior extravagância? Não tenho...
Se o mundo fosse acabar... Como pensava na infância minha filha velha, se o mundo acabar temos de estar todos juntos.
Um recanto de Sergipe para descansar? Praia do Saco
Uma palavra que lhe define? Generosidade
Não se arrisca a... Cantar em público
Sonho de consumo? Não tenho mais, meus sonhos hoje não são materiais...
Um desejo de aprender? Qualquer coisa! Aprender sempre!!!
Quem gostaria de ter sido em outra vida? Nunca pensei nisso, mas talvez uma dançarina ...
Meu pecado é... Falar a verdade
O que o dinheiro não compra? Saúde, amor e felicidade!
Uma frase tipo ‘para-choque de caminhão’? Um momento não é tudo, mas você é tudo em um só momento!
Um refrão que leva pra vida? “...E deixa a vida me levar, vida leva eu... sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu.”