21/01/2019 as 10:58

Conversa boa

Bate-Bola Emily Andrade

A nossa convidada de hoje é a querida Emilly Andrade, minha maquiadora oficial no Chez Ivan Beleza e Estética.


Bate-Bola Emily Andrade

A nossa convidada de hoje é a querida Emilly Andrade, minha maquiadora oficial no Chez Ivan Beleza e Estética. Nascida em Aracaju, começou a trabalhar muito cedo, aos 14 anos, quando resolveu ser independente. Ela conta que uma das tias tinha um salão de beleza e trabalhava sozinha. Foi quando logo viu que poderia ser o primeiro passo, não pela profissão, mas pela independência financeira. “Ainda não sabia se era aquilo que queria para mim, mas o fato de não precisar depender de ninguém me motivava. E enfim, a oportunidade foi dada e em menos de um ano já tinha o meu espaço. Formamos uma parceria por doze anos, neste mesmo período, estudei, me formei em técnica em farmácia e percebi que queria mais, queria mais aprendizado, queria mais experiências, queria sair dali e ir pro mundo.” Após 12 anos, Emilly foi trabalhar em outro salão, no “Charme e Beleza Center”, de Joelma Andrade, que a recebeu com afeto e ensinou muito do que sabe. “Hoje, ela é tricologista, professora da Unit e uma grande amiga que a vida deu”.

Em 2015, foi trabalhar no Chez Ivan, onde está até hoje e diz que também foi recebida com muito carinho pelos proprietários Natasha Porto e Ivan Fonseca, que acreditaram no seu potencial e deram a oportunidade de fazer parte da equipe, com espaço para crescer. Emilly fez vários cursos de aprimoramento, entre eles o “hair expert”, que é um curso de formação para cabeleireiros; terapia capilar; penteados; cor; velaterapia e corte bordado, dentre outros. Hoje, no Chez Ivan faz de tudo um pouco, mas diz que o que realmente ama é maquiagem. Conta que o único curso que fez relacionado a maquiagem foi um de automaquiagem. “E tudo que sei hoje é porque sou curiosa e a prática leva à perfeição. Este ano promete, pretendo voltar pro meu curso de estética e cosmética e fazer mais alguns cursos de aperfeiçoamento, para aprender técnicas novas para trazer para minhas clientes, porque o mundo da estética se atualiza diariamente e, se você não acompanha, fica para trás. Também pretendo fazer cursos de cortes, mechas e outros, afinal, o conhecimento é algo que jamais será tirado de nós.” Vamos saber um pouco da sua personalidade.

A nossa convidada de hoje é a querida Nome: Emilly Andrade.
Apelido: Emy.
Onde nasceu? Aracaju.
Status de relacionamento: Namorando.
No zodíaco é... Libriana.
Religião? Não tenho religião, mas creio em Deus.
O melhor de você? Diplomacia.
E o pior? Ansiedade.
Na pele de quem gostaria de passar um dia? Madonna, acho ela incrível!
Bem mais precioso? Minha mãe
Um sonho realizado? Não diria um sonho, mas uma grande conquista. A batalha vencida judicialmente para ser reconhecida como a mulher que sou, graças a desembargadora Iolanda Guimarães.
Inspiração... Minha mãe.
O que te faz feliz num dia de sol? Abrir as janelas do meu quarto e poder agradecer a Deus por enxergar, andar, respirar, ir e vir sem limitações.
E na chuva? Ficar na cama, assistindo bom filme e comendo pipoca.
O melhor show da vida? “I am... world tour” da Beyoncé aqui no Brasil.
E qual não veria de novo? Devinho Novaes.
Se a sua vida fosse uma novela? Teria drama, amores, amigos, família engraçada, futilidade e muitas risadas garantidas.
Ator que admira? Newt Scamander
Atriz que venera? Angelina Jolie
Cinema ou Netflix? Cinema
A rede social que mais respeita? Instagram
Snap ou Stories? Stories
O que a anima... Pessoas alegres e divertidas. Boas energias elevam até a nossa autoestima.
O que a desanima... Falsidade.
É fácil dizer não? Antes seria, hoje não mais. As pessoas precisam aprender a lidar com o “não”.
Um hobby? Fazer compras!
Uma preguiça? Exercícios físicos.
Livro de cabeceira? “O que o sol faz com as flores” da Rupi Kaur.
Por do sol ou nascer da lua? Por do sol, sem dúvida!
Rio ou mar? Mar.
O que mais gosta de comprar: Vestidos, sapatos e bolsas.
O que admira no outro? Humildade.
Muitos ou poucos amigos? Pouquíssimos, porém verdadeiros.
Mais vale um ‘like’ ou um ‘follow’? Like.
Na vida, daria um ‘unfollow’ em? Machismo, preconceito, misoginia.
Vinho ou champs? Champs!
Um sabor de infância? Chocolate quente com torrada e geleia de damasco.
Na cozinha, minha especialidade é... Comer (risos)
Doce ou salgado? Doce, sou viciada.
Uma comida de mãe? Morro de inveja de quem tem mãe que sabe cozinhar, a minha não faz nada.
Verdade: Sempre, mesmo que me magoe, mas prefiro.
Mentira: É algo que não consigo suportar.
Maior medo? Perder minha mãe, não sei o que será da minha vida quando isso acontecer.
Seu sonho mais louco... Sabe que não tenho! (?)
Pesadelo? Ficar fisicamente dependente de outrem.
Momento marcante na carreira? Quando recebi alguns convites para trabalhar fora do Estado. Foi quando percebi que meus trabalhos estão começando a atingir o patamar que almejo.
Uma canção para chamar de sua? “Flaws and all” da Beyoncé.
Pratica esporte? Não, até queria, quem sabe este ano! (?)
Viagem dos sonhos? Ainda não fiz, mas pretendo... Paris!
Sozinha ou acompanhada? Os dois, cada um no seu momento, é bom e importante para o crescimento pessoal.
Conversa ou silêncio? Depende do momento, tem horas que é muito bom ter com quem conversar, em contrapartida tem horas que o silêncio faz bem pra alma.
Festa boa precisa ter... Amigos, música boa, diversão.
Uma ligação ou mensagem via WhatsApp? Ligação.
O que deseja para humanidade? Paz, amor ao próximo, reciprocidade, direitos igualitários e respeito.
Qual a sua ocupação favorita? Meu trabalho, nem vejo o tempo passar.
Maior desafio? Minha autocrítica e perfeccionismo, me cobro demais e isso às vezes é um grande desafio.
Uma palavra? Empatia.
Um dia perfeito... Qualquer um que esteja com as pessoas que amo.
Amar é... Aceitar as diferenças, respeitar o espaço do outro, não ter vergonha de ser quem é e ser feliz assim.
Maior extravagância? Ainda não tive.
Se o mundo fosse acabar... Queria estar com as pessoas que amo.
Um recanto de Sergipe para descansar? Praia do Saco.
O que gostaria de fazer que ainda não fez? Conhecer novas culturas.
Uma palavra que lhe define? Vaidade.
Não se arrisca a... Fazer algo que não tenha conhecimento.
Sonho de consumo? Conhecer a Índia, Grécia e Tailândia.
Um desejo de aprender? Estou sempre em busca de aprender mais, seja na vida profissional ou pessoal. Todo aprendizado é válido.
Quem gostaria de ter sido em outra vida? Gabrielle Chanel.
Meu pecado é... Comer fast-food
O que o dinheiro não compra? Paz!
Uma frase tipo ‘para-choque de caminhão’? “Por muito tempo fui tudo que pude, hoje sou tudo o que quero.”
Um refrão que leva pra vida? “What goes around comes back around” , minha maquiadora oficial no Chez Ivan Beleza e Estética. Nascida em Aracaju, começou a trabalhar muito cedo, aos 14 anos, quando resolveu ser independente. Ela conta que uma das tias tinha um salão de beleza e trabalhava sozinha. Foi quando logo viu que poderia ser o primeiro passo, não pela profissão, mas pela independência financeira. “Ainda não sabia se era aquilo que queria para mim, mas o fato de não precisar depender de ninguém me motivava. E enfim, a oportunidade foi dada e em menos de um ano já tinha o meu espaço. Formamos uma parceria por doze anos, neste mesmo período, estudei, me formei em técnica em farmácia e percebi que queria mais, queria mais aprendizado, queria mais experiências, queria sair dali e ir pro mundo.” Após 12 anos, Emilly foi trabalhar em outro salão, no “Charme e Beleza Center”, de Joelma Andrade, que a recebeu com afeto e ensinou muito do que sabe. “Hoje, ela é tricologista, professora da Unit e uma grande amiga que a vida deu”. Em 2015, foi trabalhar no Chez Ivan, onde está até hoje e diz que também foi recebida com muito carinho pelos proprietários Natasha Porto e Ivan Fonseca, que acreditaram no seu potencial e deram a oportunidade de fazer parte da equipe, com espaço para crescer. Emilly fez vários cursos de aprimoramento, entre eles o “hair expert”, que é um curso de formação para cabeleireiros; terapia capilar; penteados; cor; velaterapia e corte bordado, dentre outros. Hoje, no Chez Ivan faz de tudo um pouco, mas diz que o que realmente ama é maquiagem. Conta que o único curso que fez relacionado a maquiagem foi um de automaquiagem. “E tudo que sei hoje é porque sou curiosa e a prática leva à perfeição. Este ano promete, pretendo voltar pro meu curso de estética e cosmética e fazer mais alguns cursos de aperfeiçoamento, para aprender técnicas novas para trazer para minhas clientes, porque o mundo da estética se atualiza diariamente e, se você não acompanha, fica para trás. Também pretendo fazer cursos de cortes, mechas e outros, afinal, o conhecimento é algo que jamais será tirado de nós.” Vamos saber um pouco da sua personalidade.

Nome: Emilly Andrade.
Apelido: Emy.
Onde nasceu? Aracaju.
Status de relacionamento: Namorando.
No zodíaco é... Libriana.
Religião? Não tenho religião, mas creio em Deus.
O melhor de você? Diplomacia.
E o pior? Ansiedade.
Na pele de quem gostaria de passar um dia? Madonna, acho ela incrível!
Bem mais precioso? Minha mãe
Um sonho realizado? Não diria um sonho, mas uma grande conquista. A batalha vencida judicialmente para ser reconhecida como a mulher que sou, graças a desembargadora Iolanda Guimarães.
Inspiração... Minha mãe.
O que te faz feliz num dia de sol? Abrir as janelas do meu quarto e poder agradecer a Deus por enxergar, andar, respirar, ir e vir sem limitações.
E na chuva? Ficar na cama, assistindo bom filme e comendo pipoca.
O melhor show da vida? “I am... world tour” da Beyoncé aqui no Brasil.
E qual não veria de novo? Devinho Novaes.
Se a sua vida fosse uma novela? Teria drama, amores, amigos, família engraçada, futilidade e muitas risadas garantidas.
Ator que admira? Newt Scamander
Atriz que venera? Angelina Jolie
Cinema ou Netflix? Cinema
A rede social que mais respeita? Instagram
Snap ou Stories? Stories
O que a anima... Pessoas alegres e divertidas. Boas energias elevam até a nossa autoestima.
O que a desanima... Falsidade.
É fácil dizer não? Antes seria, hoje não mais. As pessoas precisam aprender a lidar com o “não”.
Um hobby? Fazer compras!
Uma preguiça? Exercícios físicos.
Livro de cabeceira? “O que o sol faz com as flores” da Rupi Kaur.
Por do sol ou nascer da lua? Por do sol, sem dúvida!
Rio ou mar? Mar.
O que mais gosta de comprar: Vestidos, sapatos e bolsas.
O que admira no outro? Humildade.
Muitos ou poucos amigos? Pouquíssimos, porém verdadeiros.
Mais vale um ‘like’ ou um ‘follow’? Like.
Na vida, daria um ‘unfollow’ em? Machismo, preconceito, misoginia.
Vinho ou champs? Champs!
Um sabor de infância? Chocolate quente com torrada e geleia de damasco.
Na cozinha, minha especialidade é... Comer (risos)
Doce ou salgado? Doce, sou viciada.
Uma comida de mãe? Morro de inveja de quem tem mãe que sabe cozinhar, a minha não faz nada.
Verdade: Sempre, mesmo que me magoe, mas prefiro.
Mentira: É algo que não consigo suportar.
Maior medo? Perder minha mãe, não sei o que será da minha vida quando isso acontecer.
Seu sonho mais louco... Sabe que não tenho! (?)
Pesadelo? Ficar fisicamente dependente de outrem.
Momento marcante na carreira? Quando recebi alguns convites para trabalhar fora do Estado. Foi quando percebi que meus trabalhos estão começando a atingir o patamar que almejo.
Uma canção para chamar de sua? “Flaws and all” da Beyoncé.
Pratica esporte? Não, até queria, quem sabe este ano! (?)
Viagem dos sonhos? Ainda não fiz, mas pretendo... Paris!
Sozinha ou acompanhada? Os dois, cada um no seu momento, é bom e importante para o crescimento pessoal.
Conversa ou silêncio? Depende do momento, tem horas que é muito bom ter com quem conversar, em contrapartida tem horas que o silêncio faz bem pra alma.
Festa boa precisa ter... Amigos, música boa, diversão.
Uma ligação ou mensagem via WhatsApp? Ligação.
O que deseja para humanidade? Paz, amor ao próximo, reciprocidade, direitos igualitários e respeito.
Qual a sua ocupação favorita? Meu trabalho, nem vejo o tempo passar.
Maior desafio? Minha autocrítica e perfeccionismo, me cobro demais e isso às vezes é um grande desafio.
Uma palavra? Empatia.
Um dia perfeito... Qualquer um que esteja com as pessoas que amo.
Amar é... Aceitar as diferenças, respeitar o espaço do outro, não ter vergonha de ser quem é e ser feliz assim.
Maior extravagância? Ainda não tive.
Se o mundo fosse acabar... Queria estar com as pessoas que amo.
Um recanto de Sergipe para descansar? Praia do Saco.
O que gostaria de fazer que ainda não fez? Conhecer novas culturas.
Uma palavra que lhe define? Vaidade.
Não se arrisca a... Fazer algo que não tenha conhecimento.
Sonho de consumo? Conhecer a Índia, Grécia e Tailândia.
Um desejo de aprender? Estou sempre em busca de aprender mais, seja na vida profissional ou pessoal. Todo aprendizado é válido.
Quem gostaria de ter sido em outra vida? Gabrielle Chanel.
Meu pecado é... Comer fast-food
O que o dinheiro não compra? Paz!
Uma frase tipo ‘para-choque de caminhão’? “Por muito tempo fui tudo que pude, hoje sou tudo o que quero.”
Um refrão que leva pra vida? “What goes around comes back around”