22/01/2019 as 10:24

Turismo

Ocupação de hotéis está em torno de 70%

O carnaval 2019 começa só em março, mas os empresários do ramo de turismo trabalham o ano todo para captar turistas para Sergipe.


Ocupação de hotéis está em torno de 70%

Por Grecy Andrade

O carnaval 2019 começa só em março, mas os empresários do ramo de turismo trabalham o ano todo para captar turistas para Sergipe. Para este ano, até o momento a ocupação dos hotéis está em torno de 60% a 70%, mas de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Sergipe (Abih/SE), a média histórica para o Estado fica acima dos 80% e esperam que essa projeção seja alcançada.


“Para o carnaval a procura ainda está pequena, estamos com uma média inferior aos anos anteriores, mas esperamos que fiquemos com a média estabelecida para a época que é de 80%. Alguns hotéis, por exemplo, já vêm registrando 60% de reservas confirmadas, então, esperamos que a gente aumente esse número”, disse Antônio Carlos Franco Sobrinho, presidente da Abih/SE.


Ainda segundo o empresário, pelo momento da economia, já que 2019 é visto como um ano de melhora econômica, os hotéis estão mantendo os preços das diárias, mas muitos também fazem promoções neste período do carnaval como também melhoram a qualidade do seu serviço e proporcionam mais serviços, tudo isso para atrair os visitantes.


“Não é só aumentar diária, temos que aumentar a diária, mas justificar isso. Seja prestando um serviço com mais qualidade, acrescentando mais conforto, melhorando a alimentação, etc. As vendas para o período são em pacotes, que variam de três a quatro noites, mas quando a demanda está muito baixa, o hotel, por conta própria, resolver quebrar esses pacotes, diminuindo o número de diárias, mas a prática comum do mercado é a venda de pacote”, explica.

Antônio Carlos conta que a Abih no ano de 2018 teve uma grande agenda de curso de capacitações de agência de viagens, pois, segundo ele, o grande problema de Aracaju é a falta de exposição da cidade em todo o país. ACF explica ainda que o hóspede que vem para Aracaju é um turista que já conhece e está voltando. Por isso, faz-se importante a divulgação do Estado pelo mundo, pois Sergipe tem excelentes roteiros turísticos que precisam ser divulgados, pois a concorrência com outros destinos é muito grande.


“Temos destinos consolidados que investem em voos internacionais, têm malha aérea melhor que a nossa e precisamos correr atrás disso. Tanto a ajuda do Governo do Estado quanto do município nessa parte de divulgação junto com a Abih e outras entidades do turismo são muito importantes. Nós temos infraestrutura, uma das orlas mais bonitas do país, pontes que interligam todo litoral sergipano, a Praia do Saco – uma das mais lindas do mundo, o Canion de Xingó, o problema é que a gente não divulga isso lá fora. Estamos perdendo em divulgação. Ano passado deixamos de participar de feiras importantes no cenário turístico. Este ano a Abih está focada nisso, este ano vamos apresentar aos associados a nossa presença em todas essas feiras, congresso, além de capacitações com os agentes de viagem, já que são eles que vendem os pacotes”, falou.

Mesmo não tendo um carnaval famoso como a vizinha Salvador, de acordo com o presidente da Abih, o turista que procura Aracaju nessa época quer fugir do carnaval, quer um lugar mais calmo para descansar. “Muita gente que vem para cá, principalmente da Bahia, quer descansar, fugir da badalação, curtir a praia, a Orla, os passeios que temos. Diferentemente do São João, quando as pessoas vêm para escutar o forró pé de serra, assistir as quadrilhas, conhecer esse típico de São João, por isso a importância de investir no forró da orla e é nesse forró que a Abih vai brigar, já que é a festa mais forte que a gente tem”, comentou Antônio Carlos Franco Sobrinho.