26/02/2019 as 14:47

FERIADÃO

Guia completo para curtir Sergipe durante o Carnaval

Conheça os principais pontos turísticos do estado do litoral ao sertão


Guia completo para curtir Sergipe durante o CarnavalFoto: Mário Sousa

Sergipe é o local certo para quem deseja conhecer um destino agradável e aproveitar o carnaval para passear. Com belas praias, parques e museus, roteiros não faltam para usufruir o que o estado proporciona. No quesito hospedagem, o estado continua sendo um destino muito explorado nesta época. A prova disto é o dado divulgado pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Sergipe (ABIH/SE), em que o número de ocupações há uma semana da folia de momo, já chega a 85%, com grande possibilidade de chegar em ocupação total.

De acordo com o secretário de Estado do Turismo, Manelito Franco Neto, o carnaval deve mais uma vez aquecer a economia local. “Em um momento tão delicado de crise que o país vivencia, o destino pretende receber inúmeros turistas do mundo inteiro e que irão encontrar em Sergipe um refúgio com vários atrativos. O bom disso tudo é que a data mexe positivamente na nossa economia e mostra que estado é sim um destino muito visitado”, declara.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo e a Empresa Sergipana do Turismo (Emsetur), preparou um roteiro de cinco dias voltado para turistas que pretendem explorar o melhor de Sergipe. Confira:

Sergipe em 5 dias

A dica para quem chega no sábado de carnaval é iniciar a viagem com uma programação cultural. Uma boa opção é seguir para São Cristóvão, pela Rodovia João Bebe Água, e conhecer a quarta cidade mais antiga do Brasil. Lá, o turista pode visualizar a Praça São Francisco, que é Patrimônio Imaterial da Humanidade e os diversos museus existentes pelas ruas históricas.

Logo depois, o recomendado é seguir pela BR 101 em direção ao município de Laranjeiras - outra cidade centenária e tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) no estado. Entre os locais que merecem ser visitados, estão a igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus, a Casa do Engenho e o Museu de Arte Sacra, além do Quarteirão dos Trapiches - um espaço histórico que era usado como armazém para depósito de açúcar. Uma orientação importante é que estas visitas devem ser feitas durante o turno da manhã, já que os locais não funcionam pela tarde.

Após um roteiro histórico-cultural, o turista pode retornar para Aracaju e apreciar um bom almoço na região dos Mercados Centrais. Entre as opções estão o Restaurante Caçarola, no andar superior do Mercado Antônio Franco, ou o Restaurante Tototó, localizado no Espaço Zé Peixe. Em ambos, o visitante pode apreciar da típica culinária nordestina e sergipana, com um bom pirão de leite, baião de dois ou frutos do mar.

Durante o período da tarde, o ideal é realizar um passeio pelo mercado. Para aqueles que procuram levar uma lembrancinha de Sergipe para casa, sejam em objetos ou alimentos, o espaço apresenta um ambiente totalmente acolhedor, com venda de artesanato popular, flores, ervas e produtos alimentícios: tapioca, castanhas, amendoim, entre outros. Há ainda uma área voltada para a venda de comidas regionais como frutas, verduras e legumes.

Saindo do Centro da cidade, em direção ao bairro São José, é possível encontrar o Museu e o Largo da Gente Sergipana, na Avenida Ivo do Prado. Para quem curte um passeio diversificado, o museu apresenta toda a história de Sergipe com espaços expográficos digitais e interativos, e ainda apresentações culturais. Logo em frente, o Largo exibe os monumentos das principais manifestações folclóricas do estado, são eles: Lambe Sujo e Caboclinhos, Chegança, Cacumbi, Taieira, Bacamarteiro, Reisado, São Gonçalo e Parafuso. O museu estará funcionando no sábado e domingo de carnaval, das 10h às 15h.

No segundo dia, a dica é acordar cedo para pegar a BR 235 em direção ao município de Itabaiana, cerca de 50 km da capital. Neste roteiro, o turista encontra a Serra de Itabaiana, um cenário de trilhas e cachoeiras, e poderá também visitar o Parque dos Falcões. O destino é a casa de inúmeras espécies de aves de rapina, sendo o único da América do Sul que cria esses animais com autorização do Ibama. A visitação inclui apresentação oral e audiovisual da história, missão e técnicas de manejo do Instituto; apresentação dos hábitos de vida das aves de rapina; e fotografias com os animais em punho. Para ir até o parque é necessário agendamento pelos telefones (79) 99962-8396, (79) 99885-2522, (79) 99945-9020.

Seguindo ainda pela BR 235, temos a Rota do Sertão, dirigindo-se ao município de Canindé do São Francisco. Nesta cidade é possível apreciar as belezas do Velho Chico através de um passeio pelos Cânions do Xingó. A cidade oferece uma boa infraestrutura para o turista que deseja apreciar dos atrativos da região pelo rio São Francisco, em passeios que duram de três a cinco horas.

Há ainda opções para quem deseja se aventurar em um rapel pelos cânions, explorar o Museu do Cangaço e voos panorâmicos sobrevoando a Hidrelétrica de Xingó que abastece os Estados de Sergipe e Alagoas. Ao retornar para Aracaju, a Orla de Atalaia oferece várias opções na parte de alimentação em toda sua extensão, com lanches rápidos ou até uma gastronomia mais elaborada, a depender da disposição do viajante.

No terceiro dia, uma boa dica é aproveitar as praias da região sul de Aracaju. Na Orla Pôr do Sol, o viajante pode passear por meio de catamarãs através do Rio Vaza Barris com destino até a Crôa do Goré e a Ilha dos Namorados - lugares belíssimos e com banho agradável. O passeio pode durar o dia inteiro e ao final é possível andar de Stand-Up Paddle e sentir de perto a calmaria do rio, apreciando um dos mais belos pôr do sol do estado.

Para quem preferir desbravar os quatro cantos do estado, uma boa escolha para o quarto dia é explorar Mangue Seco, que fica na divisa de Sergipe com a Bahia. O local possui vilarejos de casas antigas e uma bela praia de água doce e ficou conhecido como cenário das gravações da telenovela baseada no livro de Jorge Amado, Tieta. Para chegar até lá, o caminho segue pela Rodovia dos Náufragos, em direção ao Atracadouro Porto do Cavalo, na Praia do Saco. A proposta é deixar o carro e seguir de lancha até Mangue Seco. Outra alternativa é ir de carro até o município de Indiaroba e entrar no Povoado Pontal, onde outro atracadouro terá um trajeto mais curto de lancha até o balneário.

O final da terça-feira de carnaval pode ser com um passeio em família, pela Orla de Atalaia. A área oferece muitas opções de lazer com quadras poliesportivas, parques infantis, oceanário com diversas espécies marinhas, além de monumentos históricos para passeios culturais. É na Orla também que está localizada a Passarela do Caranguejo, com inúmeros bares e restaurantes que enaltecem à culinária sergipana, a exemplo do caranguejo.

Para aqueles que mesmo no carnaval mantém o foco em atividades físicas, há dois parques na cidade: o Parque Augusto Franco, conhecido como Parque da Sementeira, localizado no bairro Jardins; e o Parque Governador Valadares, conhecido como Parque dos Cajueiros, localizado no bairro Farolândia. O contato com a natureza está presente nestes dois locais, que contam com pistas para ciclistas e corredores; e são protegidos pela Polícia Ambiental e pela Guarda Municipal de Aracaju, garantindo segurança aos frequentadores.

Para o último dia, o turista pode aproveitar as inúmeras barracas de praia espalhadas pela capital, curtir os shoppings, ou dar um pulinho na Barra dos Coqueiros e conhecer mais um município praiano.  Opções não faltam para desbravar Sergipe e fazer deste estado tão acolhedor um destino consagrado na rota do turismo.

Serviço

Toda a rota apresentada pode ser feita em veículo próprio, alugado, ou com a contratação de empresas de turismo especializadas que fazem os trajetos diariamente.

Museus de São Cristóvão e Laranjeiras

Funcionamento: A partir do dia 01 de março o Museu Histórico de Sergipe, ▪Museu Sacro de Laranjeiras, Museu Afro de Laranjeiras e Casa de Cultura João Ribeiro ficarão abertos para visitação de quarta a sábado, das 10h às 16h, e as terças, domingos e feriados, das 09h às 13h. O setor administrativo permanecerá aberto de segunda a sexta, das 7h às 13h.

Mercados centrais

Funcionamento: Mercado Central Maria Virginia Franco funcionará normalmente até o meio-dia de domingo, dia 3, sendo fechado para um mutirão de limpeza e reabrindo normalmente na Quarta-feira de Cinzas, dia 6. Já os mercados centrais Antônio Franco e Thales Ferraz, funcionarão normalmente até segunda-feira, dia 4, sendo fechado na terça e quarta-feira, para limpeza geral e a realização de um serviço elétrico.

Endereço: Avenida Ivo do Prado, Centro.

Museu da Gente Sergipana

Funcionamento: no sábado e domingo das 10h às 15h. Na segunda e terça estará fechado. Já na quarta-feira de Cinzas funcionará de meio até às 16h.

Endereço: Av. Ivo do Prado, 398, Centro

Oceanário de Aracaju

Funcionamento: normal durante o carnaval, das 9h às 21h.

Endereço: Av. Santos Dumont, 1010 - Atalaia

Valor: Inteira R$ 20, meia entrada R$ 10 (estudantes com carteira, crianças acima de um metro e idosos acima de 60 anos). Portadores de necessidades especiais e crianças até um metro não pagam.

Shopping Jardins

Funcionamento: Dias 01, 02 e 03 de março funcionamento normal. Dias 04 e 05 somente praça de Alimentação e Lazer, das 12h às 22h; dia 06 funcionamento normal a partir das 12h.

Endereço: Av. Ministro Geraldo Barreto Sobral, 215 - Jardins.

Shopping Riomar

Funcionamento: Dias 01, 02 e 03 de março funcionamento normal. Dias 04 e 05 somente praça de Alimentação e Lazer, das 12h às 22h; dia 06 funcionamento normal a partir das 12h.

Endereço: Avenida Delmiro Gouveia, 400 - Coroa do Meio

Parque dos Falcões

Funcionamento: Aberto todos os dias do carnaval. Necessário agendamento no dia anterior.

Endereço:BR 235, s/n - Povoado Gandú II, Itabaiana - SE, 49500-000

Valor: Adultos: R$ 25,00/ Crianças de 8 a 12 anos: R$ 15,00/ Crianças até 7 anos: acesso livre.