29/05/2019 as 09:55

Turismo

Prazo para cadastro encerra dia 31

O último polo, o Serras Sergipanas, foi implantado nesta terça-feira, 28, no município de Ribeirópolis.


Prazo para cadastro encerra dia 31

A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) informa a todos os municípios sergipanos que o prazo de entrega da documentação para inserção das cidades no Mapa do Turismo Brasileiro será encerrado na próxima sexta-feira (31). O mapa oferece a oportunidade de acesso ao pleito de recursos junto ao Ministério do Turismo, independente do fluxo turístico que a região possui.
E com o intuito de descentralizar a política turística brasileira, o Ministério do Turismo (MTur) evidencia a importância da participação de todos os municípios por entender a necessidade de incentivos, mediante aos atrativos naturais e culturais característicos de cada localidade. Sendo assim, para auxiliar os municípios neste trabalho, uma equipe técnica da Setur segue realizando visitas em várias prefeituras oferecendo orientações sobre o tema.


O Estado de Sergipe foi dividido em cinco polos nos quais foram criados até o momento quatro Instâncias de Governanças Regionais de Turismo, são elas: Polo Velho Chico, Polo Tabuleiros, Polo Costa dos Coqueirais e Polo Sertão das Águas. O último polo, o Serras Sergipanas, foi implantado nesta terça-feira, 28, no município de Ribeirópolis.

Nos últimos dois meses, os técnicos da secretaria visitaram as Câmaras Municipais de Vereadores baseados em duas diretrizes: Orientar a respeito do Projeto de Lei dos Conselhos Municipais; e a instalação de Instâncias de Governanças por polo turístico. Estas ações foram desenvolvidas nas cidades de Propriá, Siriri, Carmópolis, Santana do São Francisco, Itabaianinha, Tobias Barreto, Lagarto, Brejo Grande, Maruim e Umbaúba.

“Estamos visitando todos os polos com a ideia de incentivar os municípios para se organizarem e terem a oportunidade de integrar o Mapa do Turismo Brasileiro. Pela primeira vez a inserção das regiões se apresenta neste formato, ou seja, com a participação da pasta in loco e isso demonstra o olhar do Governo de Sergipe em colaborar com o fortalecimento da cadeia turística em todo o estado”, afirma o gestor da pasta, Manelito Franco Neto.

Documentação
Para registrar o município no Mapa do Turismo, o MTur exige as seguintes documentações:
- Declaração do órgão pela pasta do Turismo; Comprovante da existência de dotação para o Turismo na LOA vigente; Termo de compromisso assinado pelo prefeito ou dirigente responsável pela pasta do Turismo; Comprovação de um Conselho Municipal.
- Participar de uma Instância de Governança formada por gestores públicos e privados dos municípios;
- Comprovante de inscrição de no mínimo um empreendimento local ou prestador de serviço no Cadastur (www.cadastur.turismo.gov.br).