10/06/2019 as 09:22

Fortalecimento

Projeto pretende alavancar turismo na Rota Aracaju/Canindé

Objetivo é melhorar oferta de produtos e serviços turísticos, e fortalecer pequenos negócios do setor.


O turismo sergipano ganhou um importante apoio para acelerar o seu desenvolvimento, gerar empregos e aumentar a qualidade e a competividade de seus atrativos. Uma parceria firmada entre o Sebrae Nacional, o Ministério do Turismo (Mtur) e a Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) pretende fomentar o investimento público e privado na oferta turística na Rota Aracaju/Canindé.

A iniciativa vai garantir a realização de diversas ações para ampliar o acesso dos microempreendedores individuais e proprietários de micro e pequenas empresas às ferramentas de inovação e melhorar a oferta e promoção de produtos e serviços, elevando assim a competitividade dos empreendimentos que atuam no setor.


Em Sergipe, serão beneficiados 120 pequenos negócios ligados à atividade turística (meios de hospedagens, agências de viagens e receptivo, locadoras de veículos, transportadoras turísticas, guias de turismo, empresas de entretenimento e lazer, organizadores de eventos, bares, restaurantes e similares, artesãos e grupos folclóricos) e outros 60 potenciais empreendedores que atuam nos municípios de Aracaju, São Cristóvão, Laranjeiras, Estância, Itabaiana e Canindé de São Francisco.

Investe Sergipe
Denominado Investe Sergipe, o projeto será desenvolvido até fevereiro de 2020 e contemplará ações que visam inovar a oferta turística nessas cidades.

“A ideia é mapear os gargalos tecnológicos desses destinos e resolvê-los por meio da aproximação entre os empreendedores, startups e empresas de tecnologia. Pretendemos também inovar o sistema de informações turísticas e os canais de distribuição dos nossos produtos, além de fortalecer a divulgação dos atrativos no ambiente digital”, explica o gerente da Unidade de Atendimento Coletivo do Sebrae, Pedro Gomes Fiscina.


Aliado à ampliação da presença online, o Investe também vai garantir a realização de caravanas para apresentação do Destino em dez cidades nos estados da Bahia, Alagoas e Pernambuco. Outra iniciativa é a promoção de famtours e press trips com jornalistas e influenciadores digitais nacionais e internacionais.

Ações
O projeto irá atuar ainda no fortalecimento da produção associada ao turismo (artesanato, gastronomia, cultura e agronegócio), com a oferta de oficinas de design e precificação dos produtos e serviços. A ideia é estimular o surgimento de redes de cooperação nos territórios para facilitar a comercialização dos itens.


Buscando garantir a abertura de novos mercados para esses empreendedores, serão promovidas Rodadas de Negócios com a participação de diversas entidades e empresas que compõem o trade turístico.


Um outro foco do projeto é facilitar o acesso dos empresários às linhas de financiamento específicas para o turismo. Serão promovidos seminários de divulgação das linhas de crédito do BNDES e do Fundo Geral de Turismo (Fungetur), além da oferta de orientações para elaboração de projetos.


O Investe irá ajudar ainda no fortalecimento da governança do turismo, com oficinas que buscam facilitar a integração e atuação conjunta da gestão pública com a iniciativa privada. A ideia é também atualizar o Plano Estratégico Estadual de Turismo, que desde 2014 não sofre alteração, apoiar o resgate do Fórum Estadual de Turismo e monitorar o seu funcionamento.
Todas as ações serão executadas de forma integrada pelo Sebrae e a Secretaria de Estado do Turismo (Setur), tendo as secretarias municipais da área e o trade turístico como entidades parceiras.