09/05/2018 as 10:28

Funcionalidade

Motor de partida: saiba como funciona

Todo motor de combustão interna possui sua rotação de partida, aquela que quando atingida ou superada permite ao motor funcionar por si só.


Para que o motor de combustão interna comece a funcionar, este precisa de um estímulo externo, algo que supere a inércia de seus componentes e o faça ganhar velocidade suficiente para finalmente, funcionar por si só. Este estímulo chama-se Motor de Partida, um motor de corrente contínua capaz de girar em uma rotação mais alta que a rotação mínima de funcionamento do motor de combustão interna (rotação de partida).

                                                 

Todo motor de combustão interna possui sua rotação de partida, aquela que quando atingida ou superada permite ao motor funcionar por si só. Mas essa rotação depende de alguns fatores como atrito nos mancais, tipo de óleo lubrificante, taxa de compressão, tipo de preparação da mistura, quantidade de cilindros, massa dos componentes móveis e temperatura externa.

Todos esses fatores influem no quão robusto o motor de partida deverá ser, pois quando o motor de partida começa a girar o motor, este deve vencer os atritos internos devido ao fato do óleo ter escorrido para o cárter, a enorme compressão da mistura ar-combustível nos cilindros e contar com a eficiência de formação da mistura ar-combustível pelo sistema de injeção, isso apenas em um cilindro.