02/08/2018 as 09:21

Está pensando em comprar um Jeep Compass?

Fique atento e faça a melhor compra dentre as versões do destaque de vendas entre os SUVs


Mesmo há pouco tempo no mercado – lançado no final de 2016 – o Jeep Compass é considerado um sucesso de vendas na categoria de SUVs. No acumulado de janeiro a junho deste ano, ele se classifica na nona posição dentre os carros mais vendidos no Brasil, de acordo com dados da Fenabrave (Federação Nacional de Veículos Automotores).

Oferecido tanto com motor 2.0 flex quanto com o 2.0 turbodiesel, além de ter a opção de tração 4x2 ou 4x4, o modelo tem preços entre R$ 109.990 a R$ 150.490.
A KBB Brasil listou quais as versões do Jeep Compass que mais e menos desvalorizam. O levantamento mostra que uma série especial, a Compass Night Eagle 4X4, é a melhor opção em termos de desvalorização. No primeiro ano, ela perde 7% do valor. No segundo, 12,6%.

                                                  

O problema é que séries especiais têm oferta limitada. Às vezes, acontece de uma versão de oferta regular sair de cena. É o caso da Compass Sport 4X4, com motor flex, mas câmbio automático de 9 marchas. A desvalorização, a segunda melhor, fica respectivamente em 8% e em 13,6%.


Diante disso, e considerando as versões que ainda podem ser compradas na concessionária, a que menos perde o valor é a Compass Trailhawk 4X4, que perde apenas 11,2% no primeiro ano e 16,6% no segundo ano de uso. Por outro lado, a versão do Jeep Compass que mais desvaloriza é a Compass Sport 4X2, com queda de 16,4% do valor no primeiro ano e 21,4% no segundo.


Como se pode ver, tração nas 4 rodas é um fator importante de retenção de valor no Compass. Motores a diesel também ajudam o modelo. Confira abaixo a tabela completa de valores e taxas de desvalorização, de acordo com as versões do modelo: