15/01/2019 as 13:33

Mercado

Hyundai Creta é o novo líder do segmento

Para se ter uma ideia do bom momento, os oito primeiros colocados tiveram números melhores do que os do ano anterior.


Hyundai Creta é o novo líder do segmento

O segmento mais aquecido do mercado brasileiro manteve a trajetória de alta em 2018. Os 345.322 SUVs compactos emplacados no ano passado representaram um crescimento de mais de 26% em relação a 2017. Para se ter uma ideia do bom momento, os oito primeiros colocados tiveram números melhores do que os do ano anterior.

Preferido dos brasileiros entre 2015 e 2017, o HR-V perdeu o trono. Por pouco mais de mil unidades de diferença (48.976 x 47.959), o Hyundai Creta, segundo no ano anterior, assumiu a ponta graças a um crescimento de quase 18%, cerca de 7,2 mil unidades a mais – o Honda, por sua vez, teve um incremento inferior a 200 unidades.

Numa briga acirradíssima pelo último lugar no pódio, o Nissan Kicks (46.812), cujas vendas avançaram mais de 40%, deixou para trás o Renegade (46.344), vice-líder em 2016 e terceiro em 2017. Apesar de perder posição, o Jeep evoluiu em mais de 20%. O Ford Ecosport, com 34.497 unidades, repetiu o quinto lugar do ranking anterior.

Oitavo em 2017, o Renault Captur (26.504) venceu uma disputa apertada contra o Chevrolet Tracker (26.100) pela sexta posição, com ambos crescendo acima dos 90%. Caindo de sexto para oitavo, o Renault Duster (23.580) ao menos registrou alta de mais de 1/3 nos números do ano anterior enquanto aguarda a chegada da nova geração.

O ano não foi bom para Honda WR-V (14.797), que caiu de sétimo para nono, e para Peugeot 2008 (9.745), os únicos do pelotão de cima que venderam menos nos últimos doze meses. Destaque para o Caoa Chery Tiggo (5.197), que teve o seu melhor desempenho histórico graças à chegada da versão Tiggo 2, e para o recém-lançado Citroën C4 Cactus (3.351), que já é o carro-chefe da marca francesa.