09/09/2019 as 12:53

CONCORRENTES

Honda Civic ou Toyota Corolla: qual desvaloriza mais?

Honda Civic EX automático apresenta menor perda de valor, em 4,40%. Versão automática do Corolla XEi é o carro com a maior depreciação no ranking, 9,02%


A segunda metade do ano é um momento de atenção para os amantes de carros, já que diversas novidades chegarão no mercado automotivo. Previsto para o 10º mês do ano, o Toyota Corolla apresentará o primeiro híbrido flex para o Brasil. Já o Honda Civic acabou de passar por uma leve reestilização, com o intuito de se preparar para a chegada do rival.

Aproveitando o momento de inovações, a KBB Brasil selecionou as versões dos sedãs Honda Civic e Toyota Corolla para a batalha de depreciação: qual possui menor e maior desvalorização?

O Honda Civic EX 2.0 16V CVT Flex automático abre o levantamento com 4,40%, a menor desvalorização da batalha. Em seguida, o concorrente Toyota Corolla GLi 1.8 16V CVT Flex automático apresenta a taxa de 4,47%. Em 3º lugar, pertence ao Honda Civic Sport 2.0 16V Flex mecânico, com 4,79% em queda de valor.

O Corolla domina as últimas quatro posições do ranking, com opções que apresentam maior desvalorização. Com 7,59%, a versão automática do Toyota Corolla Altis 2.0 16V CVT Flex ocupa o 8º lugar. Na 9ª e 10ª posição, os modelos Corolla GLi e GLi Upper marcam presença com índices de 7,63% e 8,36%, respectivamente. Já o Corolla XEi 2.0 16V CVT Flex automático se destaca como o carro que mais perdeu valor no período analisado, desvalorizando em 9,02%.

Desta forma, nota-se que as versões Honda Civic têm uma menor desvalorização que as do Toyota Corolla. A montadora vencedora apresenta maior estabilidade entre as versões, com média ponderada de 5,1%, enquanto a Toyota conta com diferença de 7,5%. Ainda assim, ambos se encontram abaixo da média do mercado, em torno de 8%.

Confira abaixo a relação completa com todas as versões mais e menos desvalorizadas na batalha entre Honda Civic e Toyota Corolla:

Modelo/Versão

Taxa de desvalorização

HONDA CIVIC Sedan 4P EX 2.0 16V CVT FLEX Automático

-4,40%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P GLi 1.8 16V CVT FLEX Automático

-4,47%

HONDA CIVIC Sedan 4P SPORT 2.0 16V FLEX Mecânico

-4,79%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P XRS 2.0 16V CVT FLEX Automático

-4,86%

HONDA CIVIC Sedan 4P TOURING 1.5 TB CVT Automático

-5,14%

HONDA CIVIC Sedan 4P EXL 2.0 16V CVT FLEX Automátic

-5,14%

HONDA CIVIC Sedan 4P SPORT 2.0 16V CVT FLEX Automático

-7,48%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P ALTIS 2.0 16V CVT FLEX Automático

-7,59%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P GLi 1.8 16V MT6 FLEX Mecânico

-7,63%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P GLi UPPER 1.8 16V CVT FLEX Automático

-8,36%

TOYOTA COROLLA Sedan 4P XEi 2.0 16V CVT FLEX Automático

-9,02%

Quando o assunto é preço de carros, há duas metodologias para calcular a perda de valor: Desvalorização e Depreciação. Desvalorização é a comparação do preço atual de um veículo com os valores aplicados pelo mercado à mesma versão fabricada em anos anteriores. Já a Depreciação usa o valor do veículo 0 Km em um período determinado em relação a seu atual valor residual, sempre considerando o mesmo ano/modelo e sem o mesmo rigor de sua definição contábil, que tem regras muito estritas. Neste estudo, foi aplicado o conceito de desvalorização, levando em consideração todo o período de vida dos modelos analisados.

A KBB utiliza tecnologias de análise de dados e Big Data para produzir os levantamentos de precificação e desvalorização de veículos novos e usados. Os valores aqui presentes são gerados por meio de um complexo algoritmo, que analisa diversos fatores de comportamento do mercado automotivo brasileiro, além de seguir uma rígida análise de especialistas. A empresa atua com o propósito de conscientizar os consumidores na compra e venda de carros a partir da determinação de preços justos.

 |Foto: Divulgação 

#Veículos #Civic #Corolla #Desvalorização