27/04/2021 as 09:35

VISÃO

Cirurgia refrativa: conheça os benefícios do procedimento

Esse procedimento traz mais qualidade de vida e bem-estar para quem sofre com esses distúrbios de visão

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Engana-se quem acredita que o uso de óculos de grau ou lentes de contato são as únicas soluções para melhorar a sua visão. A cirurgia refrativa também é uma excelente alternativa para corrigir miopia, hipermetropia, astigmatismo e alguns casos até a presbiopia (vista cansada). Esse procedimento traz mais qualidade de vida e bem-estar para quem sofre com esses distúrbios de visão.

De acordo com o oftalmologista Dr. Vinícius Góis, a cirurgia refrativa é um método que utiliza o excimer laser e as principais técnicas são PRK e LASIK. “Esse tipo de cirurgia é indicado para pacientes com problemas de miopia, hipermetropia e astigmatismo e em alguns casos de presbiopia que não possuam anormalidades topográficas anterior e posterior da córnea e tenham uma espessura da córnea suficiente para corrigir o grau”, explicou o oftalmologista.

Ainda de acordo com Dr. Vinícius, o paciente que pretende operar deve realizar a consulta exames de topografia e tomografia em um aparelho como o Galilei 3D e se tudo estiver bem dentro das exigências para o procedimento, a cirurgia pode ser realizada. “No momento da consulta o cirurgião irá indicar uma das duas técnicas que seja mais segura para o paciente. Os resultados são similares em ambas as técnicas na correção do grau e no objetivo principal que é livrar o paciente dos óculos”, disse ele.

O Hospital de Olhos Rollemberg Góis (HORG) disponibiliza aparelhos de última geração para a realização de diversos tipos de exames. No HORG o paciente pode realizar os exames e cirurgias com toda segurança e conforto. No caso das cirurgias refrativas, Dr. Vinícuis explica como são realizadas as técnicas. “O PRK consiste na remoção do epitélio (estrutura mais superficial) da córnea e, a seguir, aplicação do laser. Já o método LASIK faz uma delaminação da córnea, para que o laser seja aplicado em seu interior”.

Esse tipo de cirurgia é indicado para pacientes a partir dos 18 anos, pois nessa idade costuma ocorrer a estabilização do grau. A cirurgia é bastante segura permitindo que o paciente retorne para casa no mesmo dia da cirurgia com protetor ocular , enxergando e sendo possível voltar as atividades normais depois de três a sete dias dependendo da técnica utilizada na cirurgia.

Quando o procedimento é feito pela técnica de PRK, o paciente costuma ter mais desconforto e sensibilidade à luz nos primeiros três dias e a visão demora cerca de sete dias ou um pouco mais para melhorar. Já quando é usada a técnica do LASIK, o desconforto é menor e a recuperação visual é mais rápida, podendo ser notada já no dia seguinte a cirurgia. Ele afirma que ambas as técnicas são seguras e proporcionará uma liberdade visual significativa para o paciente.