23/05/2018 as 16:46

Municípios

Coruja é resgatada em Cedro de São João

A ave apresentava sinais de intoxicação e precisará passar por tratamento clínico especializado.


Na manhã desta quarta-feira (23), a equipe técnica da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) realizou o resgate de uma coruja no município de Cedro de São João, localizado no leste sergipano. A ave, conhecida também como suindara ou coruja da igreja (Tyto furcata), apresentava sinais de intoxicação e precisará passar por tratamento clínico especializado no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama.

De acordo com o veterinário e técnico ambiental da Adema, Daniel Allievi, o animal apresentou sintomas de apatia, desorientação e andar cambaleante. "Constatamos que a ave havia ingerido um pequeno roedor (possivelmente um rato) que estava supostamente envenenando e em decomposição. Por isso, precisará passar por um tratamento clínico mais especializado", explica.

Apesar da intoxicação, a ave, ainda segundo avaliação do veterinário, não apresentou nenhuma fratura, corte, queimaduras, patologias virais ou bacterianas. "O animal é jovem e precisará de um cuidado especial. O tratamento será feito com toda a atenção necessária e, logo após sua recuperação clínica, será devolvido à natureza em uma área de reserva cadastrada pela Adema", conclui.

Adema