24/05/2019 as 09:21

Somação

Francisco Gualberto e o Título de Cidadão Aracajuano

Chiquinho entende que as conquistas alcançadas pelo bloco não podem sofrer retrocessos por divergências internas. Fazendo uma leitura do seu discurso, isso vale tanto para o Estado como para Aracaju.


Francisco Gualberto e o Título de Cidadão Aracajuano

Quem foi à entrega do Título de Cidadão Aracajuano ao deputado estadual Francisco Gualberto viu uma figura conciliadora e coerente, quando falou da necessidade de o mesmo bloco que caminha junto desde mais de duas décadas siga unificado e sem divisões. Chiquinho entende que as conquistas alcançadas pelo bloco não podem sofrer retrocessos por divergências internas. Fazendo uma leitura do seu discurso, isso vale tanto para o Estado como para Aracaju.


“Bolsonarizando-se”
Há um processo de “bolsonarização” em curso na bancada federal de Sergipe. Dos oito deputados federais, pelo menos cinco já estão prestes a votar favoráveis à reforma da Previdência. Mas todos eles dizem que aguardam a melhoria do projeto, pois “como está não dá”, o que leva a entender que se mudar alguma coisinha, tipo a BCP, votarão favoráveis à reforma.

Com o gás todo
Depois que descobriram a elevada capacidade de Sergipe de produção de gás no mar (reservas com mais de cinco bilhões de metros cúbicos), o governador Belivaldo Chagas, que comentou sobre o assunto com o presidente Bolsonaro, tem sido tratado nos meios políticos como o “magnata do gás”.

Dom Brandão
A Diocese de Propriá celebra nesta sexta-feira, 24, o centenário de Dom José Brandão de Castro, o primeiro bispo diocesano. A programação começa às 14h com o encontro dos amigos e amigas de Dom Brandão no auditório do Colégio das Freiras. Logo depois, às 16h, acontece a partilha dos sabores e dos saberes no pátio do colégio e culmina com a procissão em direção à Catedral Diocesana, onde será realizada a celebração da Eucaristia.

Lançamento
No próximo dia 3, quinta-feira, às 18h, o escritor Estácio Bahia Guimarães lançará o livro “Pedras e Avencas”, no Museu da Gente Sergipana, em Aracaju.

Absolvido
O irmão do deputado estadual Robson Viana, Sérgio Viana, foi absolvido ontem pela Justiça no processo em que era acusado de envolvimento nas supostas irregularidades apuradas na Operação Caça-Fantasmas, conduzida pelo MP e Deotap. Sérgio e Ricardo Gonçalves Alberto chegaram a ser presos preventivamente por obstrução à Justiça, mas foram absolvidos por falta de provas.

Aditivo bom
O Palácio Construtor João Alves, sede da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese), localizado no Centro de Aracaju, está em reforma desde julho de 2018. O valor inicial da obra foi orçado em R$ 6.053.135,38, mas já foram assinados seis aditivos – e o custo final está em R$ 9.708.502,00 –, com um acréscimo de quase 40%.

Monopólio 1
A Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados promoveu uma audiência pública para discutir o projeto de lei 6.407/13, que trata de medidas para fomentar a indústria do gás. Eles querem retomar a discussão sobre a proposta da chamada “lei do gás”, que foi desarquivada no início da legislatura. Na reunião, o deputado federal Laércio Oliveira questionou o alto preço do gás no Brasil e defendeu a quebra do monopólio para baixar o custo do produto.

Monopólio 2
Laércio falou ainda que esse assunto é de muito interesse para Sergipe, visto que a termelétrica em construção no Estado será a maior do Brasil. O deputado do PP explicou ainda que a Fafen e uma fábrica de cerâmica do Estado fecharam por causa do alto preço do gás. Ele falou também sobre a Mitsui Gás e Sergás, que parecem ser outros monopólios construídos no país, enquanto a Petrobras é um monopólio já consolidado.

Obras abandonadas 1
O vereador Isac (PCdoB) criticou o abandono de obras em Aracaju, em especial escolas municipais. “A Escola Dom João Távora, no Manoel Preto, e a Carvalho Neto vão passar por reformas. Em algumas as obras já haviam até começado, mas infelizmente as licitações ainda oportunizam que empresas pouco honestas ganhem o processo e desistam no meio do caminho”, disse.

Obras abandonadas 2
Bastante indignado com toda essa situação, Isac expôs o problema na Câmara. “As empresas baixam os valores das licitações, ganham e param no meio do caminho o serviço. É a terceira empresa que desiste da obra depois de ganhar a licitação do Colégio Carvalho Neto. As empresas têm usado esse artifício para tentar se manter no mercado de trabalho. Infelizmente a legislação permite”, enfatizou.

Ouviu
O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) ouviu na manhã de ontem testemunhas arroladas na investigação referente a abuso de autoridade e poder econômico, cujos investigados são o prefeito afastado de Lagarto, José Valmir Monteiro, e seu filho, o deputado estadual Ibraim Silva Monteiro. O MP está pedindo a cassação do mandato de ambos.



Isenção de taxas 1
O deputado federal Fábio Reis (MDB/SE), coordenador da bancada sergipana, apresentou o projeto de lei 3.073/2019, que proíbe as empresas aéreas de cobrarem taxas e multas por remarcação ou cancelamento de passagens, quando solicitado até 30 dias antes do prazo.

Isenção de taxas 2
Segundo Fábio Reis, essa prática, além de se caracterizar um abuso contra o consumidor, provoca injustiças contra o cidadão. “Há ocorrências comprovadas de que devido a problemas inesperados de doença, quer seja do próprio passageiro ou de alguém da família, o consumidor não teve o direito de trocar a passagem de forma gratuita, tendo que pagar um valor exorbitante em taxas e multas para a remarcação”, argumentou o parlamentar.